BARRA ANIMADA


Translate

SEJA BEM VINDO


BARRA 2


Mensagem


A Frequência Fotônica Pleiadiana e a Nova Era do Fóton


quinta-feira, 26 de março de 2015

DIETA PODE INVERTE RELÓGIO BIOLÓGICO








Alimentação e estilo de vida fazem cromossomos voltarem a crescer e revertem o processo de envelhecimento do corpo.
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Conforme você vive, as suas células se multiplicam: o organismo vai criando novas para substituir as que morrem. Esse processo não é infinito. Ele desgasta os telômeros, estruturas que ficam na ponta dos cromossomos, até que a multiplicação celular para de funcionar direito, e aí você envelhece e morre. Mas um novo estudo indica que é possível inverter isso e fazer os telômeros voltarem a crescer. Ou seja, ficar biologicamente - e literalmente - mais jovem.

Uma equipe do Instituto de Pesquisa em Medicina Preventiva, na Califórnia, acompanhou dez idosos. *Eles foram submetidos a uma dieta controlada, com apenas 10% de gordura e rica em alimentos saudáveis (verduras, legumes e grãos integrais). Também tinham de fazer exercícios diários. Cinco anos depois, seus telômeros haviam crescido 10% - quando o normal seria encolherem 3%.
É o primeiro caso registrado de crescimento dos telômeros (até então, acreditava-se que eles só pudessem diminuir). 
Os telômeros funcionam como uma proteção para os cromossomos, evitando que eles se despedacem durante a multiplicação do DNA. Há vários estudos demonstrando a relação entre o encurtamento dos telômeros e o envelhecimento do organismo. Os pesquisadores estão animados, embora ainda não comemorem. "Precisamos fazer mais testes para confirmar a descoberta", afirma o médico Dean Ornish, líder do estudo. Mas, mesmo enquanto isso não acontece, vale a pena manter hábitos saudáveis. Não custa nada.
*Fonte: Effect of comprehensive lifestyle changes on telomerase activity and telomere length, Dean Ornish e outros, Universidade da Califórnia, São Francisco

Biohackers conseguem "injetar" visão noturna nos olhos de uma pessoa

visão noturna






Um grupo de biohackers americanos afirma ter descoberto uma forma de fazer o olho humano ser capaz de enxergar no escuro, gerando uma espécie de visão noturna natural.
Para fazer isso, o grupo Science for the Masses usou uma espécie de substância análoga à clorofila chamada Chlorin e6 (ou Ce6), encontrada em peixes que vivem em profundidades abissais e que é usada para tratar de cegueira noturna, a dificuldade que algumas pessoas têm de enxergar em locais com luminosidade reduzida.
A substância é usada de forma intravenosa desde os anos 1960 para tratar diferentes tipos de câncer e alguns estudos já injetaram o Ce6 em ratos para entender quais os efeitos na visão desses animais.
Um dos pesquisadores do grupo serviu de cobaia para o experimento. Gabriel Lucina recebeu 50 ml de Ce6 no seu saco conjuntival, uma bolsa que fica na parte inferior dos olhos. Essa estrutura carrega a substância química até a retina.
Após uma hora, o efeito começou a aparecer. Colocado em um campo escuro, Lucina inicialmente começou a reconhecer formas e símbolos que estavam a 10 metros de distância. Com o tempo, ele enxergou pessoas que estavam a 50 metros distância, entre algumas árvores.
Nos testes, Licina acertou o que era o objeto enxergado em 100% das vezes. O grupo de controle, que não recebeu o Ce6, acertou apenas um terço das vezes. A visão do cobaia voltou ao normal após 20 dias, sem efeitos colaterais mais graves. 
O experimento precisa ser feito mais vezes e em testes científicos mais rigorosos, para ser considerado um sucesso. Para os cientistas que o realizaram, porém, já é possível dizer que ele funcionou.
"Mostramos que isso pode ser feito. Se conseguimos fazer isso em nossa garagem, outras pessoas podem fazer também", afirma Jeffrey Tibbets, diretor médico do grupo.







Buracos Gigantes que surgem por todo o planeta






Por que BURACOS GIGANTES estão surgindo por toda a América do norte? É algo que esta acontecendo à toda a crosta da Terra?
Desde onde estão surgindo todos esses buracos gigantes? É claro que sempre houveram buracos, mas ao longo dos últimos anos, parece que tanto a força da gravidade assim como o número de buracos gigantes tem aumentado dramaticamente.
Então, exatamente porque tantos buracos gigantes estão surgindo, aparecendo por toda a América, de repente? É algo que esta acontecendo à toda a crosta terrestre, ou há alguma outra explicação?

 Os “especialistas” estão culpando esta epidemia de buracos em coisas como terra solta, águas subterrâneas ácidas, novas construções, canos de água com vazamento, minas de carvão, fracking, longos períodos de seca seguidos de chuvas e esgotamento de aquíferos subterrâneos, mas será que eles realmente entendem e SABEM (os “especialistas”) o que está acontecendo?
Numa quinta-feira, dia 28 de fevereiro, um homem de 37 anos chamado Jeffrey Bush vivia em Seffner, perto de Tampa, na Flórida, morreu quando a terra embaixo de sua casa de repente se abriu e o engoliu vivo. Seu irmão tentou ajudá-lo, quando ouviu os gritos de Jeffrey, mas já era tarde demais. O quarto inteiro foi sugado para dentro da terra e a casa teve que ser rapidamente abandonada. Agora as autoridades estão admitindo que ele provavelmente nunca será encontrado.
Então, esse tipo de acidente é realmente “normal”? Seria uma coisa se isso fosse apenas um incidente isolado, mas a verdade é que buracos gigantes estão aparecendo com freqüência cada vez maior por todo o planeta recentemente. Poderia ser este um indício de que as principais (mudanças nos polos e campo eletromagnético do planeta que geram mudanças geológicas na superfície planetária) mudanças na Terra já estão a caminho?





Sinkhole gigante na Flórida

O estado da Flórida sempre foi uma área que tem sido propensa a surgimento de buracos, mas os números  mostram que os prejuízos com os sumidouros no estado aumentou muito nos últimos anos. De acordo com a  ABC News , o pagamento de indenizações de seguro de reclamações relacionadas com acidentes por causa dos buracos mais do que dobrou entre 2006 e 2009 …
O Condado de Hillsborough, onde Seffner está situada, é parte de uma área na Flórida propensa ao surgimento de buracos, com o pagamento de créditos de seguros associados a eles mais do que dobrando entre 2006 e 2009, de acordo com um relatório do Senado sobre a Flórida.
Mas isso é apenas no estado da Flórida, certo? Outras partes do país não estão sofrendo com este mesmo tipo de problema, certo? Muito Errado.




Basta verificar o que vem acontecendo em Harrisburg, no estado da Pensilvânia recentemente. Existem dezenas de buracos que se abriram em Harrisburg, e a cidade está tão falida que não tem mais dinheiro para consertar todos eles.
Na verdade, neste momento existem  41 buracos que foram documentados em Harrisburg, e muitos deles estão bem no meio da rua …
“A capital do estado da Pensilvânia está sofrendo de uma erupção de buracos monstros, mas os funcionários municipais estão também impossibilitados de fazer algo sobre isso.
Solo solto e com vazamentos, centenárias tubulações de água subterrâneas são os culpados pelo pesadelo municipal, que veio à tona na véspera do Ano Novo, quando um buraco de 50 pés (15 metros) “bocejou” se abrindo ao longo de Fourth Street, relatou  o Wall Street Journal“.
A cratera de oito metros de profundidade – uma de pelo menos outras 41 na cidade – é tão grande, que os moradores fizeram um “check-in” no site de mídia social Four Square. Alguns moradores insolentes  e os meios de comunicação  apelidaram o buraco “Sinkhole Super Walter”.




Clique na imagem para ampliar.

É claro que tem havido muitas cidades ao longo da história dos EUA que sofreram tal epidemia de buracos, certo?  Não há nenhuma razão para se alarmar, certo?
Em um artigo anterior sobre buracos, eu falei sobre um sumidouro que recentemente se formou em Ohio, que era do tamanho de quatro campos de futebol e que tinha mais de 30 metros de profundidade. Ele fez com que parte da State Route 516 entrasse em colapso e as autoridades estavam projetando que a estrada vai continuar fechada nos próximos meses.
Mas isso é “normal”, certo?
O buraco gigante na Louisiana, em Paróquia Assunção, que fez as manchetes em todo o país no ano passado, está agora com mais de 800 metros de diâmetro . Ele apenas continua a crescer, e as autoridades não têm ideia de quando vai parar de crescer.


Aos analistas, embora não pareça haver ameaça significativa adicional para a área em geral, até que a atividade subterrânea diminua novamente, as operações diretamente sobre o escoadouro foram suspensas. O principal sumidouro já atingiu mais de 800 metros de diâmetro e a parede ocidental continua a entrar em colapso. Duas semanas atrás (em fevereiro 2013), os funcionários relataram que cerca de mais 5.000 metros quadrados caiu no lado sudoeste do sumidouro, as autoridades chamam isso de descamação. O local continua emitindo gás metano.
Mas este tipo de coisa acontece o tempo todo, certo?

Recentemente, grandes buracos forçaram o fechamento de estradas  em Nova Jersey e no Arizona . É claro que esses incidentes logo serão esquecidos, porque há mais histórias de notícias sobre buracos grandes nos Estados Unidos quase todos os dias agora. Buracos gigantes estão agora acontecendo com tal regularidade que as pessoas quase não tomam conhecimento e nem se importam mais.
Você pode ver algumas fotos de alguns dos mais loucos buracos nos últimos anos aqui mesmo . Seria uma coisa se buracos gigantes foram aparecendo apenas nos Estados Unidos, mas que isso infelizmente não é o caso.
Por exemplo, um buraco que apareceu no meio da Cidade da Guatemala em 30 de maio de 2010 e tinha  cerca de 30 andares de profundidade(cerca de 100 metros)Down in Sarisarinama, Venezuela alguns buracos apareceram nos últimos anos que são com mais de 100 metros de largura .


Um buraco de aproximadamente 30 andares de profundidade apareceu num domingo, dia 30 de maio de 2010 na Cidade da Guatemala, engolindo uma fábrica de três andares inteira, matando 15 pessoas..
China tem sido um dos piores lugares do mundo para buracos ao longo dos últimos anos. De fato, basta verificar o que vem acontecendo  em uma aldeia na China recentemente …
Moradores da aldeia de Lianyuan em Hunan, província no sul da China estão pisando cautelosamente nos últimos meses. Mais de 20 buracos se abriram no chão desde setembro passado. As cavernas, que variam em tamanho, estão colocando em colapso casas e rios que secam. E nunca há qualquer aviso a respeito de onde e quando os buracos ocorrem. Segundo as autoridades locais, a principal razão para o surgimento dos buracosé o número de minas de carvão na área. Não está claro que medidas estão sendo tomadas para evitar que mais buracos apareçam.
Eu poderia ir longe com mais exemplos de todo o mundo, mas espero que você esteja começando a chegar ao ponto. Buracos gigantes estão se abrindo por toda a terra e engolindo casas, edifícios, estradas e às vezes até pessoas.

Os seres humanos não são da Terra






Os seres humanos não vêm da Terra , por Dr. Ellis Prata
O corpo humano é afetado por vários problemas desde queimaduras solares, problemas nas costas e dor durante o trabalho prová-lo, reivindicações de peritos


A ecologista norte-americano diz que condições tais como problemas nas costas e queimaduras solares sugerem os humanos não evoluíram ao lado de outras formas de vida na Terra







  • Em um novo livro, o Dr. Ellis Prata diz aliens colocar seres humanos nosso planeta como recentemente, dezenas de milhares de anos atrás
  • Ele sugere que a Terra poderia ser um planeta prisão, desde que os humanos parecem ser uma espécie naturalmente violentos e estão aqui até que aprendamos a nos comportar





  • A ecologista norte-americano afirmou que os seres humanos não são da Terra, mas foram colocados no planeta por alienígenas dezenas de milhares de anos atrás.

    Dr. Ellis prata aponta para uma série de características fisiológicas para fazer seu caso por que os seres humanos não evoluíram ao lado de outras formas de vida na Terra, em seu novo livro.




    Eles variam de seres humanos que sofrem de problemas nas costas - o que ele sugere é porque nós evoluímos em um mundo com menor gravidade - para ficar muito facilmente queimada de sol e com dificuldades para dar à luz.

    Dr. Ellis diz que, embora o planeta encontra seres humanos "necessidades para a maior parte, não, talvez, servir os interesses espécies», bem como os estrangeiros que nos deixava imaginado.

    Em seu livro, os seres humanos não são da terra: uma avaliação científica das provas, o ecologista escreve a raça humana tem defeitos que marcá-lo de ser "não é deste mundo".

    "A humanidade é, supostamente, a espécie mais desenvolvidos do planeta, ainda é surpreendentemente inadequada e mal equipados para o ambiente da Terra: prejudicados pela luz do sol, uma forte antipatia por alimentos naturais, ridiculamente altas taxas de doenças crônicas, e muito mais", disse a Yahoo .

    Dr. Ellis diz que os humanos podem sofrer de problemas nas costas porque evoluíram em um mundo com menor gravidade.
    Ele também diz que é estranho que a cabeça dos bebês são tão grandes e tornar mais difícil para as mulheres a dar à luz, o que pode resultar em mortes da mãe e da criança.

    Dr. Ellis diz que os humanos podem sofrer de problemas nas costas (ilustrado), porque eles evoluíram em um mundo com menor gravidade. Ele também diz que é estranho que a cabeça dos bebês são tão grandes e tornar mais difícil para as mulheres a dar à luz, o que resultou em mortes em épocas anteriores





    Não há outras espécies nativas do planeta tem este problema, diz ele.
    Ele também acredita que os humanos não são projetados para ser tão exposta ao sol como eles estão na Terra, uma vez que não pode tomar sol por mais de uma ou duas semanas - ao contrário de um lagarto - e não pode ser exposta ao sol todos os dias, sem problemas.
    Dr. Ellis afirma também os seres humanos são sempre doente e isso pode ser porque os nossos relógios biológicos evoluíram para espera um dia 25 horas, como comprovado por pesquisadores do sono.


    "Esta não é uma condição moderna; os mesmos fatores podem ser rastreada todo o caminho de volta através da história da humanidade na Terra ", diz ele.
    Ele sugere que os neandertais como homo erectus foram cruzados com outras espécies, talvez de Alpha Centauri, que é o sistema estelar mais próximo ao nosso sistema solar, alguns 4,37 anos-luz de distância do sol.






    Ele também acredita que os humanos não são projetados para ser tão exposta ao sol como eles estão na Terra, uma vez que não pode tomar sol por mais de uma semana ou duas ¿ao contrário de um lagarto ¿e não pode ser exposta ao sol todos os dias


    As "evidências" PARA SUGERIR ser humano veio de espaço até então

    • Bad backs sugerem os seres humanos evoluíram em um mundo com menor gravidade
    • Sunburn sugere humanos não foram concebidos para ser exposta ao sol
    • O tamanho da cabeça dos bebês apresentam um problema para as mulheres durante o parto - dificuldade não compartilhadas por outras espécies do planeta
    • Os seres humanos são sempre doente, talvez beacuse seu corpo relógios evoluíram para esperar um dia 25 horas - ao contrário da Terra
    • As pessoas simplesmente sentem que não estão em casa em nosso planeta
    Dr. Ellis disse que muitas pessoas sentem que não pertencem e se sentir em casa na Terra.

    "Isso sugere (para mim, pelo menos) que a humanidade pode ter evoluído em um planeta diferente, e nós pode ter sido trazido aqui como uma espécie altamente desenvolvidos."

    "Uma razão para isso ... é que a Terra pode ser um planeta prisão, uma vez que parece ser uma espécie naturalmente violentos e estamos aqui até que aprendamos a nos comportar", disse ele.

    Dr. Ellis disse que o livro destina-se a criar debate, em vez de ser um estudo científico e espera que levar as pessoas a entrar em contato com ele com mais sugestões de "provas".

    Enquanto outros cientistas disseram algumas bactérias chegaram à Terra a partir do espaço, Chris McKay, astrobiólogo da Nasa, disse que, para chegar à conclusão de que se trata de vida alienígena é "um grande salto".




    Foi esta casa? Dr. Ellis sugere neandertais como homo erectus foram cruzados com outras espécies, talvez de Alpha Centauri. Estrela Proxima Centauri é retratado no sistema estelar, que é o mais próximo ao nosso sistema solar alguns 4,37 anos-luz de distância do sol


    Professor Wainwright, da Universidade de Sheffield planeja investigar mais, e acredita que a vida está constantemente a chegar a partir do espaço que não se originou na Terra.
    Dr. Ellis diz que, embora a sua ideia é uma evolução extrema dessa idéia, que se destina a ser instigante e ele afirma ter tido uma resposta muito positiva para ele.

    Ele está interessado em saber se os seres humanos vieram para a Terra em separado, talvez por entrar no meteoros e cometas, antes de evoluir para as espécies que conhecemos hoje.

    "Minha tese propõe que a humanidade não evoluiu a partir dessa estirpe particular de vida, mas evoluiu em outro lugar e foi transportado para a Terra (como totalmente evoluído Homo sapiens) entre 60.000 e 200.000 anos atrás", diz ele. 

    http://www.dailymail.co.uk/sciencetech/article-2507377/Humans-NOT-come-Earth--sunburn-bad-backs-pain-labour-prove-expert-claims.html#v-3694383448001

    Assista os vídeos com essas informações e informações mais atualizadas:

    https://www.facebook.com/ocultoreveladoaverdade/videos/1538881033075090/

    https://www.facebook.com/ocultoreveladoaverdade/videos/1539167149713145/










    Total de visualizações de página

    Página FaceBook