BARRA ANIMADA


Translate

SEJA BEM VINDO


BARRA 2


Mensagem


A Frequência Fotônica Pleiadiana e a Nova Era do Fóton


quarta-feira, 25 de março de 2015

Mulher de 92 anos deu à luz a um bebê petrificado com mais de 60 anos

mulher que deu a luz a bebê petrificado
mulher que deu a luz a bebê petrificado




Uma mulher de 92 anos deu à luz a um bebê de 60 anos completamente petrificado.

Isso pode soar um pouco estranho, mas o caso ocorreu e foi registrado na China com a dona Huang Yijun, no sul do país. Em sua barriga, o feto tornou-se um litopédio – em outras palavras, um “bebê de pedra”, literalmente.

Este é um fenômeno extremamente raro que ocorre quando existe uma grave falha durante a gravidez e o feto começa um processo de calcificação.
De acordo com o Dra. Natalie Burger, endocrinologista e especialista em fertilidade do Texas Fertility Center, tudo começa quando o óvulo fertilizado fica preso em seu caminho para o útero, então, ele se desenvolve fora dele.

“Normalmente, uma gravidez ectópica vai significar a ocorrência de uma gravidez tubária, mas em poucos casos a gravidez realmente ocorre dentro da cavidade abdominal – por exemplo, no meio do intestino, ovário ou até mesmo na aorta. Estes últimos casos são muito mais raros, e podem ser perigosos”.

Em outros casos, o feto se desenvolve até um certo tamanho, e se torna grande demais para ser absorvido pelo próprio organismo. 

O feto e a bolsa amniótica começam a, lentamente, se calcificarem, transformando-se em uma verdadeira pedra. Isso ocorre porque o organismo quer proteger o corpo da mulher de uma infecção provocada pelo apodrecimento na decomposição. 

Como o corpo da mãe não reconhece aquela massa endurecida como “estrangeira”, complicações não ocorrem e ele pode, basicamente, ficar no local depositado por toda a vida.


Barriga mulher que deu a luz a bebê petrificado
A barriga da mulher que deu a luz a bebê petrificado

Bebês de pedra são extremamente raros e existem até mitologia em torno deles. Um artigo publicado em 1996 no Journal of the Royal Society of Medicine, mostrou que apenas 290 casos de litopédio foram documentados pela literatura médica mundial. Aparentemente, o primeiro caso ocorreu em com uma mulher francesa chamada Madama Colombe Chatri, de 68 anos. 
O fato só foi descoberto após sua morte em 1582 quando os médicos realizaram uma autópsia. Ela sentia fortes dores e seu abdômen era duro. Ela carregava um bebê de pedra por mais de 28 anos.
Bebê petrificado
Bebê petrificado
A duração média de uma “gravidez de pedra” é de 22 anos e o caso da chinesa Huang Yijun foi um marco porque ela ultrapassou os 50 anos de gestação.
A médica foi questionada: Como uma mulher pode carregar um bebê de pedra por décadas e não perceber que algo está errado? A Dra. Natalie Burger respondeu que as mulheres simplesmente pensam que perderam a gravidez e não pensam que algo tão raro pode ter ocorrido.
Em muitos casos, a falta de dinheiro e de recursos de saúde pública em alguns países, faz com que as pessoas não procurem ajuda médica pelos enormes custos financeiros.
Huang Yijun disse que os médicos informaram em 1948 que ela tinha um bebê de pedra, mas ela simplesmente ignorou os avisos porque não tinha dinheiro para fazer uma cirurgia de retirada.
Feto retirado da mulher
Feto retirado da mulher
Litopédios podem pesar até 9 kg e podem provocar obstrução intestinal, abscesso pélvico e problemas em uma nova gravidez.
A autópsia de Madame Chatri em 1582 tornou-se um best-seller instantâneo entre os médicos da época e o bebê calcificado foi vendido a um comerciante muito rico na França. Ele colocou o feto em exposição em um museu de 
curiosidades em Paris.
O feto fossilizado foi vendido várias vezes, até ser adquiro finalmente por um rei que o colocou no Museu Real da Dinamarca em 1653. Duzentos anos depois, o museu foi extinto e transferiu o feto para o Museu de História Natural da Dinarmarca.
Após décadas, o bebê desapareceu e nunca mais foi encontrado.



Uso contínuo de antibióticos pode causar diabetes

Uso contínuo de antibióticos pode causar diabetes





De acordo com um novo estudo, pessoas que utilizam antibióticos de forma contínua podem estar correndo maiores riscos de adquirir diabetes do tipo 2. Os pesquisadores perceberam que os participantes do novo estudo que já haviam passado por dois tratamentos com antibióticos possuíam mais chance de ser diagnosticados com diabetes 2, em comparação com os que nunca se trataram com esse tipo de medicamento ou fizeram isso apenas uma vez. Quatro tipos de antibióticos foram utilizados no estudo: penicilinas, cefalosporinas, quinolonas e macrolídeos.
“Esse estudo ‘levanta uma bandeira vermelha’ (lança um alerta) sobre o abuso de antibióticos, e certamente nos deixa mais preocupados quanto a esse abuso”, disse Raphael Kellman, internista de Nova Iorque que não estava envolvido na pesquisa. “Certamente precisamos ser mais cuidadosos e responsáveis quando utilizamos antibióticos”.
Nas pessoas portadoras de diabetes do tipo 2, as células do corpo param de responder ao hormônio insulina, que normalmente faz com que as células absorvam açúcar do sangue. Assim sendo, pessoas com tal condição tendem a apresentar altos níveis de açúcar no sangue.
Uma base de dados do Reino Unido foi analisada pelos pesquisadores nesse novo estudo, onde foi examinado o número de antibióticos prescritos para 200 mil portadores de diabetes até um ano antes de seu diagnóstico. Os resultados foram comparados com o número de antibióticos prescritos para 800 mil pessoas que não apresentaram diabetes, mas estavam na mesma faixa etária dos outros analisados. O estudo apresentava número muito semelhante de mulheres e homens. Como resultado, os pesquisadores encontraram que por quanto mais tratamentos por antibióticos as pessoas passavam, maior era o risco de desenvolver diabetes.
Como exemplo, o risco de diabetes do tipo 2 nas pessoas que haviam passado por 2-5 tratamentos com penicilina cresceu em 8% comparado aos que haviam passado apenas por um tratamento, ou nenhum. Já entre os que haviam passado por mais de cinco tratamentos com o antibiótico, o risco aumentou em 23%.
Entre os que passaram por 2-5 tratamentos com quinolonas, a possibilidade de ser diagnosticado com diabetes cresceu em 15%. O risco foi ainda maior para os que haviam passado por mais de cinco desses tratamentos: crescimento de 37% no risco. Por algum motivo, as pessoas que haviam passado apenas por um tratamento com antibióticos, não houve crescimento no risco de desenvolver diabetes em relação aos que não utilizaram a medicação.
O coautor do estudo, Yo-Xiao Yang, professor assistente de medicina e epidemiologia na Universidade da Pensilvânia, ressalta que os motivos exatos pelo qual os antibióticos causam esse maior risco no desenvolvimento de diabetes são desconhecidos. Entretanto, Yang apresenta uma hipótese.
“Ainda que nosso estudo não mostre causa e efeito, nós acreditamos que a mudança dos níveis e da diversidade das bactérias do nosso organismo pode favorecer o aparecimento de diabetes”, disse Yang.
O novo estudo foi publicado no dia 24 de março no European Journal of Endocrinology. [LiveScience]





OBSERVATÓRIO ESPACIAL HERSCHEL DA ESA MOSTRA QUE VENTOS DE BURACOS NEGROS PODEM DESLIGAR A FORMAÇÃO DE ESTRELAS NAS GALÁXIAS

Black-hole_wind_sweeping_away_galactic_gas

25 DE MARÇO DE 2015, POR SÉRGIO SACANI






Astrônomos usando o Observatório Espacial Herschel descobriram que os ventos soprados de um imenso buraco negro estão soprando para longe o reservatório de material bruto de formação de estrelas da sua galáxia hospedeira.
Encontrados nos corações da maioria das galáxias, os buracos negros supermassivos são objetos extremamente densos e compactos com massas entre milhões e bilhões de vezes a massa do Sol.
Muitos são relativamente passivos, como aquele localizado no centro da nossa Via Láctea. Contudo, alguns deles estão devorando o ambiente ao redor com um grande apetite.
Galactic_merger_hosting_a_supermassive_black_hole

Esses buracos negros ativos não somente se alimentam do gás próximo, mas também expelem parte dessa matéria através de ventos e jatos poderosos. Os astrônomos por muito tempo têm suspeitado que esses fluxos sejam os responsáveis por drenar o gás interestelar das galáxias, em particular as moléculas de gás que formam estrelas.
Isso pode eventualmente afetar a atividade de formação de estrelas da galáxia, reduzindo sua atividade ou possivelmente extinguindo-a inteiramente.
Até agora, não foi possível capturar uma visão completa desse processo. Enquanto os astrônomos foram capazes de detectar ventos bem próximos aos buracos negros, usando telescópios de raios-X, e traçar fluxos galácticos muito maiores das moléculas de gás através das observações infravermelhas, ele não tiveram sucesso ainda de encontrar ambos os fenômenos na mesma galáxia.
Galactic_outflow

Um novo estudo tem mudado essa cena, detectando ventos dirigidos por um buraco negro particular de escalas menores para maiores.
“Essa é a primeira vez que nós observamos um buraco negro supermassivo em ação, soprando para fora o reservatório de gás formador de estrelas da galáxia”, explica Francesco Tombesi do Goddard Space Flight Center da NASA e da Universidade de Maryland, nos EUA, que liderou a pesquisa que foi publicada essa semana na revista Nature.
Combinando observações infravermelhas do Observatório Espacial Herschel da ESA com novos dados obtidos pelo satélite de Raios-X Suzaku do Japão e EUA, os astrônomos detectaram os ventos próximos do buraco negro central bem como seu efeito global em empurrar o gás galáctico para fora numa galáxia conhecida como IRAS F11119+3257.
Os ventos começam pequenos e rápidos, gerando jatos a uma velocidade 25% da velocidade da luz, perto do buraco negro e soprando para fora o equivalente a uma massa solar de gás por ano.
Black-hole_wind

À medida que eles progridem para fora, os ventos reduzem a velocidade mas chegam a varrer centenas de massas solares de moléculas de gás por ano empurrando esse material todo para fora da galáxia.
Essa é a primeira prova sólida de que os ventos dos buracos negros estão arrebentando suas galáxias hospedeiras, gerando fluxos de grande escala.
As novas descobertas suportam a visão de que os buracos negros podem finalmente parar o processo de formação de estrelas nas galáxias hospedeiras.
ESA_Herschel_BlackHoleWindStrength

“O Herschel já revolucionou o nosso entendimento sobre como as estrelas se formam. Esse novo resultado está agora nos ajudando a entender por que e como a formação de estrelas em algumas galáxias pode ser afetada de forma global e até mesmo sendo desligada totalmente”, disse Göran Pilbratt, Cientista de Projeto do Herschel na ESA.
“O culpado dessa destruição cósmica foi encontrado. Como se suspeitava, um buraco negro central pode alimentar as saídas de gás em grande escala, que extingue a formação de estrelas”.






Suposta imagem de Jesus surge após deslizamento de terra na Colômbia

Suposta imagem de Jesus surge após deslizamento de terra




Uma imagem que adoradores acreditam ser do rosto de Jesus apareceu após um deslizamento de terra.
A aparição está atraindo centenas de visitantes para a região de San Francisco de Putumayo, na Colômbia, desde o último sábado (21).
Alguns moradores locais estão até mesmo lucrando com que chamam de “milagre”, através de cobranças dos visitantes para terem acesso à imagem.
Até mesmo a polícia foi necessária para conseguir controlar a multidão que invadiu a região.
Imagem que adoradores acreditam ser do rosto de Jesus apareceu após um deslizamento de terra e moradores da Colômbia estão lucrando com visitantes que invadiram região.
Mas alguns internautas estão usando as redes sociais para dizerem que trata-se apenas de uma coincidência, informando que a imagem não faz parte do rosto de Jesus, sendo simplesmente o desenho similar ao de um humano.
Fonte: Mirror




Inicia-se efetivamente a Quinta Dimensão





O momento é de prática!


De colocar ordem dentro e fora.


De separar aquilo que fica daquilo que vai, dando um destino para o que não tem sentido em ficar ou permanecer.

É um período que além dos cuidados para consigo próprio, no que diz respeito a saúde física, mental e espiritual, devem se dedicar quase que exclusivamente a reorganização de suas vidas, pois ao final deste ciclo, INICIA-SE EFETIVAMENTE A NOVA FASE DE SUAS EXISTÊNCIAS JÁ NA QUINTA DIMENSÃO.
NÃO OLHEM PARA TRÁS E NEM TENTEM VISUALIZAR O QUE VEM À FRENTE, MAS SE PROPONHAM A ESTAR TOTALMENTE NO PRESENTE, NO AQUI E AGORA!

Desta forma não só conseguirão manter uma qualidade muito maior em tudo o que realizarem, mas também garantirão um suporte energético para na conclusão dos afazeres gerais em suas rotinas.

Ao tentar se dividir entre passado, presente e futuro, ocorre um desgaste relevante de suas reservas de energia, podendo acarretar cansaço e exaustão.

PORTANTO SE DISCIPLINEM ESTAR NO PRESENTE.

É O QUE IMPORTA!

Tragam para suas vidas o Contentamento e a Alegria por estar participando ativamente deste processo que envolve não somente a si próprio, mas a toda Humanidade.

Muitas Equipes Espirituais atuam dentro e ao redor da Terra. Suas orações e estados vibracionais elevados são de extremo significado e valia, dando auxílio e sustentação ao intenso processo de Limpeza, Purificação e Reorganização, em todos os níveis, por todo o Planeta, para o resgate e manutenção da Paz!

TODOS OS ESFORÇOS SÃO RECONHECIDOS PELO PAI E POR TODA ESPIRITUALIDADE.

CAMINHEMOS JUNTOS!

E ASSIM NOS TORNAMOS UM!

UMA CORRENTE! DE LUZ E AMOR EM PROL DA EVOLUÇÃO E ASCENSÃO DA RAÇA HUMANA E DO PLANETA TERRA!

FIQUEM EM PAZ E PERSEVEREM EM SUAS MISSÕES E NO SEU CAMINHAR!

QUE A CHAMA DA SABEDORIA SE FORTALEÇA DENTRO DE CADA UM NESTE MOMENTO DO DESPERTAR DA CONSCIÊNCIA, E OS CONDUZA PELOS CAMINHOS DA PAZ, VERDADE, HARMONIA, SERENIDADE, CONFIANÇA, ALEGRIA E AMOR!

ATÉ BREVE!

MESTRE LANTO

CANALIZAÇÃO SAINT QUEEN
Publicado por Dione Cavalli
Em : Unidade da Luz
Por favor, respeite todos os créditos ao compartilhar
Fonte : Templo do Sol






Pode o asteroide 2014 YB35 atingir a Terra na sexta-feira?








Um asteroide com cerca de 700 metros de comprimento passará próximo da Terra na sexta-feira dia 27 e caso atinja nosso planeta poderá provocar um mega tsunami ou devastar cidades do porte de São Paulo. Mas será que corremos algum risco de impacto?

Sempre que um grande asteroide cruza as cercanias da Terra, diversos sites lançam matérias com títulos alarmistas, sempre na expectativa de criar um fato bombástico na tentativa de render algumas visitas extras. E dessa vez a história não foi diferente.

De fato, o grande asteroide 2014 YB35 passará nas vizinhanças do nosso planeta na próxima sexta-feira e devido ao seu tamanho e massa tem enorme capacidade destrutiva caso ocorra um impacto, mas para alívio geral isso não vai acontecer.


                                                   Veja o vídeo com a orbita de 2014 YB35

Muita Energia
2014 YB35 tem cerca de 700 metros de comprimento e pesa mais de 600 milhões de toneladas. Neste momento, sua velocidade é de 36 mil km/h e se atingisse a Terra, liberaria energia equivalente a 7 milhões de toneladas de TNT. Isso é 350 vezes mais forte que a primeira bomba atômica lançada sobre o Japão em 1945.


Caso 2014 YB35 atingisse o oceano, a liberação dessa energia poderia provocar ondas gigantes capazes de inundar cidades litorâneas. Se atingisse cidades populosas, a perda de vidas e prejuízos materiais seria incalculável.
Embora o cenário não seja nada animador caso ocorresse um impacto, ele não passa de um exercício de pensamento, digno de um filme de ficção.

Os cálculos mostram 2014 YB35 passará muito longe da Terra, a cerca de 4.4 milhões de km de distância. Isso é quase 12 vezes a distância da Terra à Lua. 

O momento da máxima está previsto para acontecer na sexta-feira às 03h20 pelo horário de Brasília e segundo as efemérides calculadas, até o ano de 2200 não há qualquer possibilidade de impacto. Até lá, durma tranquilo.

Bons céus!

http://www.apolo11.com/cometa_73p.php?titulo=Pode_o_asteroide_2014_YB35_atingir_a_Terra_na_sexta-feira_&posic=dat_20150325-175509.inc



Estado Islâmico ameaça Tataouine, a cidade de Guerra nas Estrelas








Uma ameaça muito mais real se impõe à cidade de Tataouine, na Tunísia. Se um dia ela foi o local escolhido por George Lucas para ser o planeta Tatooine, de Luke Skywalker, hoje ela se vê na rota do grupo extremista Estado Islâmico.

Quase 40 anos após as filmagens de “Guerra nas Estrelas”, a cidade no Deserto do Saara ainda atrai fãs da saga com suas casas imortalizadas no filme. Mas, cada vez as viagens se tornam mais perigosas. Tataouine está no caminho percorrido por muitos extremistas que buscam os campos de treinamento do EI na Líbia, a cerca de cem quilômetros de distância.

No início deste mês, três homens foram presos no local com a intenção de cruzar a fronteira e se unir ao grupo, que dias atrás reivindicou o ataque ao Museu do Bardo, em Túnis. Recentemente, foram encontrados na região dois depósitos de armas.

O atentado ao museu visava claramente uma das principais fontes da economia do país: o turismo. A intensificação de extremistas na região de Tataouine pode danificar o setor ainda mais.

Já está confirmado que o próximo episódio da saga terá locações em Irlanda, Reino Unido e Emirados Árabes Unidos. Por enquanto, Tataouine está fora da rota do diretor JJ Abrams.
O GLOBO






Cartas Psicografadas mostram uma diferente realidade para nós encarnados








Um assunto que muito me chama a atenção são as cartas psicografadas por médiuns que segundo os próprios, recebem mensagens de outras dimensões, comprovando a vida após a morte, ou melhor, a passagem de um plano para outro.

Abaixo recebi por e-mail do amigo Eduardo N. Ribeiro duas cartas psicografadas neste ano de 2015 o que mostra que ainda está bem viva a prática nos centros espíritas. As duas são aqui do Brasil e mostram duas realidades crescentes, o suicídio e a rebeldia seguida de Karma. Confiram:

Por 17 Anos – Carta de um Suicída

A ultima vez que estive encarnado na Terra, meu espírito ganhou como instrumento de aperfeiçoamento e burilamento um corpo disforme e mentalmente prejudicado. Vivi por 17 anos, não foi uma encarnação longa, foi somente o tempo que meu espírito infrator precisava para completar um tempo que eu mesmo em outra existência aniquilara, esses 17 anos foram para mim de grande valia. Aprendi muito e resgatei dívidas muito grandes.

Embora tenha sido uma vida difícil, para meu espírito, muito mais difícil foi para minha mãe que se redobrava em trabalhos como lavadeira, serviço que fazia em casa, e tomar conta de mim. Tamanha a minha dependência que não era capaz de absolutamente nada, paralítico e deficiente mental, nunca proferi uma palavra sequer e a paralisia me deixava estático em uma cama.

Apesar disso tudo agradeço a Deus por ter tido a oportunidade de nesses 17 anos aprender muita coisa. Fui suicida numa encarnação anterior, era um homem inteligente e muito ativo, mas não soube dar valor a vida e num dia de desespero tirei minha própria vida. Ah! Se as pessoas soubessem o que é ser um suicida, da dor imensa que passa quem comete tal ato e não mais haveria suicídios. Por não ter dado valor ao corpo sadio voltei nessa triste condição em que não tinha a menor lucidez, os raros momentos de lucidez eram através de sonhos conturbados, mas ao acordar de nada mais me lembrava. Eu era um “espírito morto” habitando um corpo vivo.

Hoje, tanto tempo depois de ter passado por essa experiência posso dizer a vocês que ela me foi muito valiosa. De grande valia também para minha mãe que juntamente comigo falhara em outra existência e que dessa vez aprendeu o que é ter que cuidar de alguém tão dependente, e aprendeu muito mais que isso, aprendeu a me amar como só as mães sabem. Eu e ela, cada um sofrendo proporcional ao que precisava sofrer.

Bendita encarnação! Deus é amor e não estamos eternamente fadados aos erros de outrora, temos a chance de melhorar nossa situação mesmo que a duras penas. Penas essas impostas por nos mesmos, nunca por Deus, pois que Ele em seu amor não pune ninguém.

Muita paz.

Eleutério.

Psicografia recebida em Reunião de Psicografia de 2015.

Médium: Débora S. C.

“Minha mãe, Meu Deus”
É com muito carinho e atenção que fui recebido aqui, eu um menino rebelde e sem respeito nenhum por ninguém, ninguém mesmo. Minha mãe sofreu muito, pedia, pedia o tempo todo que eu fosse mais educado e que respeitasse os outros.
Eu mesmo não sei explicar o porquê de tanta grosseria, parecia que me era muito natural agir assim. Não sentia a necessidade de mudar.
Eu cresci sem amigos e sem amor de outras pessoas, que era natural, pois, não recebiam de mim nenhuma atenção e muito menos amor. Na verdade eu recebia o que merecia: o pouco caso e a solidão.
Quando fui ficando mais velho, não muito, pois na verdade eu tinha 24 anos, uma grave doença me fez sofrer dores horríveis. Meu corpo era só feridas e cheirava mal.
Eu e minha mãe já não conseguíamos mais recursos para cuidar de mim em casa, pois, meu corpo foi se tornando uma ferida só. Tive que me separar da única pessoa que me amava: minha mãe.
Fui para o vale, onde outras pessoas estavam na mesma situação que a minha, porém, muito pior. Pude ver como eu ficaria em alguns dias ou semanas. Eu me apavorei, fiquei enlouquecido, fiquei com ódio, chorei como um menino que pede colo.
Minha mãe nunca mais apareceu. Fui deixado e esquecido por todos. Todos quem? Não havia deixado amigos, não havia amado ninguém. Com o corpo já em pedaços, eu não aguentava mais o sofrimento e pedi a Deus que me ajudasse. Eu não tinha mais forças.
Chorei, chorei, pois, eu não sabia elevar meu pensamento ao Pai. Como fazer para Ele me ouvir? Veio um senhor entrou em meu aposento e falou:
- Feche os olhos, pense em uma pessoa boa iluminada e ore, fale, peça com todo o seu amor e Ele vai ouvir.
- Minha mãe! Posso pedir a minha mãe.
- Claro, pois ela irá transmitir o seu recado a Ele.
- Hoje vejo que eu só tinha uma luz no mundo: minha mãe.
Obrigado, porque depois do meu pedido meus sofrimentos tiveram um fim, a senhora foi o meu Deus.
Muito obrigado!

Ricardo Lopes.

Psicografia recebida em Reunião Psicografia 2015.
Médium: M. Nicodemos



Os adultos índigo





Os adultos índigo sentem e leem o campo energético das pessoas, eles são naturalmente leitores de manifestações energéticas. Estes adultos querem mais do que tudo aprender a equilibrar sua energia, assumir sua missão e dons, aprender a como se desenvolver e evoluir, ajudando os que seguem nascendo, as crianças e jovens. A frequência índigo está disponível a todos os seres humanos e pode ser acedida na medida em que nossa consciência vai se expandindo mais e mais. Quanto mais conscientes, mais aptos nós nos tornamos a perceber e aceder outros diferentes tipos de realidades, que antes nem imaginávamos existir.

Na medida em que mais e mais seres humanos índigos existam e convivam entre si, mais rápido se dará nossa evolução, nosso processo de ampliação da consciência. Com esta convivência estaremos nos aproximando cada vez mais da quarta e quinta dimensões, já que a Terra é originalmente um planeta da terceira dimensão, devido às consciências predominantes.

Abaixo, cito algumas características de adultos índigos para uma melhor compreensão da temática:

- São muito inteligentes, apesar de não terem tido as melhores notas na escola.

- Tinham aversão ou detestavam grande parte dos trabalhos repetitivos e obrigatórios da escola.

- Muitos experimentaram depressão existencial bem cedo e sentimentos de impotência ao decorrer de sua infância e adolescência.

- Tem dificuldade com empregos supervisionados, os adultos índigos resistem à autoridade e ao sistema hierárquico de trabalho.

- Tem problemas com sistemas que consideram falidos ou ineficazes, exemplo: sistema financeiro, político, médico, educacional.

- Frustração ou rejeição do tradicional “sonho” de carreira

- Um ardente desejo de fazer algo para mudar ou melhorar o mundo, porém podem demorar até reconhecer qual é a sua vocação para realizar este desejo.

- Desde muito novos tem interesses por assuntos espirituais e esotéricos.

- Possuem forte intuição.

- Tiveram experiências psíquicas, tais como premonições, ouvir e ver pessoas desencarnadas, experiências fora do corpo, etc.

Os índigos que hoje são adultos, especialmente aqueles que têm idade acima dos trinta anos, chegaram ao planeta em uma época em que ainda havia poucos índigos por aqui e, portanto, a energia era mais densa; os paradigmas eram outros e a consciência era ainda mais limitada. Os padrões eram mais rígidos e as mentes dos pais, professores e governantes era muito mais limitadas que hoje em dia.

Estes adultos índigo encarnaram na Terra em uma época em que a vida e a realidade eram totalmente enquadradas em alguns padrões socialmente aceites e tudo o que não fosse enquadrado nestes padrões era tido como inexistente.

Quando as crianças eram extremamente sensíveis, esta sensibilidade causou-lhes enormes dificuldades para adaptação. Eram crianças cuja essência apontava na direcção de uma vida espiritual, uma vida guiada por valores mais elevados. Imagine o quão difícil é encarnar numa época e num contexto tão contrário à manifestação dos seus dons.

A missão destes seres na Terra está voltada para a produção de mudança, para a revisão de valores e paradigmas por onde passarem. Para sua missão se concretizar é preciso deixar velhos hábitos e pensamentos para que novos paradigmas possam ser estabelecidos, assim a unidade e o amor encontrarão espaço para se manifestar.

No processo de desenvolvimento os adultos índigo presenciaram um choque significativo entre as energias mais subtis e as mais densas, oriundas principalmente de seu universo familiar e do seu entorno. Poucas famílias estavam espiritualizadas suficientemente para recebê-los e compreendê-los. Estas atitudes causaram-lhes grandes dificuldades de adaptação por onde quer que fossem. Seus dons não eram aceites em suas famílias e muitos se desviaram do caminho espiritual por não ter tido a devida aceitação por seus pais e amigos à sua volta.

Eles foram chamados de hiperactivos, loucos, bipolares, esquizofrénicos e muitos foram excessivamente medicados esquecendo-se de sua verdadeira essência.

Os índigos que compreendem sua missão sabem da importância de sua vinda a Terra, eles mantém a possibilidade de que a Terra continuará a evoluir. Tudo o que não serve à humanidade se desvanecerá com sua presença. Eles encarnaram para ajudar na transformação social, educacional, familiar e espiritual de todo o planeta, independente das fronteiras e de classes sociais. São como catalisadores para desencadear as reacções necessárias para as transformações.

Os índigos não começaram a chegar a Terra somente nas últimas gerações; o que acontece é que o seu número está a aumentar cada vez mais para auxiliar o aumento vibracional da Terra, eles já são tantos que, finalmente, não podemos ignorá-los.

Fonte: Revolução dos Índigos




Conheça os mistérios de Oak Island, a ilha mais macabra do mundo








Na ilha chamada Oak Island em 1975 algumas pessoas da região viram luzes verdes ao redor dela, e quando foram verificar encontraram um buraco bem grande e estranho, e decidiram ficar ali cavando para ver o que tinha no fundo.



Eles descobriram que a cada 3 metros havia uma barreira de troncos de carvalho (oak), e isso foi dificultando muito as escavações que foram sendo financiadas por homens importantes, até o roosevelt. E ele chegaram  a achar fibra de côco no local, detalhe, não existem côcos no Canadá.



Depois de algumas camadas cavadas foi achado uma tabuleta que nem essa acima, com esse código ou língua totalmente nova. Mas depois de outras escavações se percebeu que era impossível cavar mais porque o poço enchia sempre de água, que na verdade ele era um sistema hidráulico sofisticado. Conseguiram cavar apenas até 300 metros, e algumas pessoas morreram no processo, fazendo as pessoas se questionarem se valia  a pena continuar.



Chegaram a jogar tinta vermelha no poço para ver se essa água vinha de algum lugar, e adivinhe só, ela vinha de 3 lugares.




É chamado de Poço do dinheiro, pois se acreditar ter tesouros de perdidos de alguns reinos, e alguns acreditar até conter a arca da aliança, o que é um pouco improvável ao meu ver. Depois de algum tempo alguém conseguiu fazer um tradução da tabuleta, mas entendendo como se fosse uma língua e deu esse resultado:



Mas a segunda tradução feita por Keith Ranville parece mais convincente apesar de deixar mais complexa a caça ao tesouro misterioso, se é que há um. Agora é entendido que uma pedra em forma de triângulo achada na ilha junto com a nova tradução leva a acreditar que na verdade as pessoas que esconderam algo usaram o poço como forma de marca para início da busca, e que na verdade o tesouro estaria em outra ilha, Birch Island.



A própria ilha tem um formato de triângulo nela, mas infelizmente ninguém conseguiu desvendar o mistério todo, se é que se está no caminho certo. Mas fica o mistério, e muito mais importante do que um tesouro hipotético, é como eles conseguiram tecnologia para criar um sistema hidráulico que impossibilita a escavação, pois com certeza não é apenas um poço de água, se for isso explicaria estranha árvore bem na ponta do poço, e talvez as camadas de carvalho serveriam de filtro da água do mar, mas ninguém nunca falou isso pelo o que parece.


Keith Ranville, o tradutor, sugeri que tudo isso teria  a ver com um templo maia, um plano 

para construí-lo.

A misteriosa ilha de Oak Island esconde um segredo que atiça a ambição de caçadores de tesouro há mais de 200 anos. Muitos dizem que nela há um tesouro escondido e, por mais que a história pareça ter saído de um conto de piratas, fatos e acontecimentos misteriosos vêm atraindo a atenção do mundo todo e trazendo cada vez mais caçadores de tesouros para buscas intermináveis. 

Entre estes que arriscaram tudo para desvendar este mistério estão engenheiros, mineiros, até o presidente norte-americano Franklin Roosevelt e o ator John Wayne. Apesar destas inúmeras tentativas, nada foi encontrado até hoje. Alguns, inclusive, já morreram no resgate ao “pote de dinheiro”, que estaria a 60 metros de profundidade. 

Contudo, à medida que se cava, um sistema de canais subterrâneos trata de inundar qualquer tipo de buraco. Algo ou alguém que elaborou estas armadilhas e mecânismos na ilha parecia saber muito bem o que estava fazendo e o valor do que escondia. Histórias macabras cercam a ilha conforme mais informações aparecem. Os caçadores que a visitam se vêem cada vez mais cercados de mistérios e ainda mais distantes de respostas.



Oak Island é uma pequena ilha no Condado de Lunenbuklirg, na parte sul da Nova Escócia, no Canadá. Alguns acreditam que o suposto tesouro deixado alí possui relação com os Templários ou com conquistadores espanhóis. Há teorias que defendem que ali ainda estariam os manuscritos originais do dramaturgo inglês William Shakespeare. 


A caçada ao tesouro em Oak Island começou em 1795, quando um adolescente encontrou o que pensou ser um buraco onde acreditava ter um tesouro de um pirata. Desde então, escavações foram realizados por diferentes grupos de pessoas e, a cada nova empreitada, indícios dão pistas de que há realmente algo por ali. Já foram encontradas quantidades enormes de fibra de coco e objetos humanos (ao lado do Canadá, você não espera encontrar nada parecido com fibras de coco). 
Recentemente, Rick e Marty Lagina, dois irmãos do Michigan ficaram obcecados por decifrar o enigma e compraram a maior parte da ilha com o objetivo de descobrir o lendário tesouro. O HISTORY acompanha cada passo destes caçadores de tesouros e mostrará todas as novas descobertas na segunda temporada de A MALDIÇÃO DE OAK ISLAND.

Assista ao vídeo abaixo e entenda todos os mistérios não contados sobre A MALDIÇÃO DE OAK ISLAND:

Outro fato intrigante: 10X - O poço cheio de mistérios
Ao lado das escavações originais, a aproximadamente 50 metros, foi escavado um outro buraco, chamado de 10x, com a intenção de fugir dos constantes alagamentos sofridos enquanto as perfurações eram realizadas. O poço de 71 metros, escavado há 40 anos, revelou a existência de surpreendentes objetos que só reforçam aos caçadores de tesouro a hipótese de que realmente há algo muito bem escondido por ali.
Assista ao vídeo abaixo e veja o que foi encontrado dentro do poço 10X:






Misteriosa pirâmide descoberta na China, apresenta indícios de civilizações extraterrestres

Misteriosa pirâmide descoberta na China, apresenta indícios de civilizações extraterrestres



Ninguém sabe realmente qual é a origem ou o significado que oculta a misteriosa pirâmide encontrada no cume do Monte Baigong na região da China Ocidental, que as lendas locais atribuem a uma plataforma ou base de lançamento de antigas civilizações extraterrestres


Uma equipe de nove cientistas deslocou-se até à zona ocidental da província de Qinghai para examinar a entrada desta estrutura de pouco mais de 60 metros de altura, conhecida como a "Relíquia dos Extraterrestres".A pirâmide tem três habitáculos interiores com entradas triangulares encaixadas em sua fachada e é revestida com tubos de tonalidade avermelhada que conduzem à montanha e a um lago de água salgada. 

Misteriosa pirâmide descoberta na China, apresenta indícios de civilizações extraterrestres

Para acrescentar evidências incômodas ao achado, na zona e na pirâmide foram encontradas diversas ooparts, como objetos metálicos inusuais e pedras talhadas com materiais que não pertencem à zona que aparece completamente desolada.Ainda que Yang Ji, da Academia Chinesa de Ciências Sociais afirma que a teoria de que a pirâmide tenha sido criada por extraterrestres não é descabelada, pese ao incômodo de que a comunidade científica assuma tal fato e que é preciso analisar cientificamente todos os pontos para avaliar se é verdade. Se confirmado, seria um dos maiores vestígios astroarqueológicos da humanidade.


Dentro da cavidade existem dúzias de tubulações rodeando a entrada e o acesso com diâmetros compreendidos entre 10 e 40 centímetros. Estas estruturas indicam uma técnica de construção altamente avançada e completamente desconhecida na atualidade. A estrutura das tubulações é intrincada.


Lago Toson


Adicionalmente, na orla do lago Toson igualmente encontraram estruturas de tubulações que se estendem entre a areia e as rochas. Todas se estendem em sentido Leste-Oeste e ao contrário das encontradas no interior da pirâmide, têm um diâmetro entre 2 e 4,5 centímetros. Mas o mais desconcertante mesmo foi a descoberta de tubulações no interior do lago, que saem à superfície, enquanto outras formam um complexo sistema no interior do lago e com as mesmas dimensões e configuração que as que aparecem na orla do lago. Na região destaca a abundância de metais e especificamente o zinco.








Total de visualizações de página

Página FaceBook