BARRA ANIMADA


Translate

SEJA BEM VINDO


BARRA 2


Mensagem


A Frequência Fotônica Pleiadiana e a Nova Era do Fóton


quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Corey Goode: REVELAÇÕES CÓSMICAS - 8ª TEMPORADA COMPLETA (VÍDEOS)







Mais uma temporada cheia de revelações importantes para aumentar ainda mais o seu conhecimento sobre a verdade que poucos conhecem.




As pessoas que vem acompanham de forma gradativa e contínua essas informações, estão se adiantando satisfatoriamente perante muitas informações que aos poucos estão sendo divulgadas pelos meios alternativos.


Resultado de imagem para Corey Goode: REVELAÇÕES CÓSMICAS - 1ª TEMPORADA COMPLETA (VÍDEOS)

REVELAÇÕES CÓSMICAS – 1ª TEMPORADA

Resultado de imagem para Corey Goode: REVELAÇÕES CÓSMICAS - 2ª TEMPORADA COMPLETA (VÍDEOS)

REVELAÇÕES CÓSMICAS – 2ª TEMPORADA


Resultado de imagem para Corey Goode: REVELAÇÕES CÓSMICAS - 1ª TEMPORADA COMPLETA (VÍDEOS)


REVELAÇÕES CÓSMICAS – 3ª TEMPORADA


Resultado de imagem para Corey Goode: REVELAÇÕES CÓSMICAS - 1ª TEMPORADA COMPLETA (VÍDEOS)


REVELAÇÕES CÓSMICAS – 4ª TEMPORADA


Resultado de imagem para Corey Goode: REVELAÇÕES CÓSMICAS - 1ª TEMPORADA COMPLETA (VÍDEOS)


REVELAÇÕES CÓSMICAS – 5ª TEMPORADA


Imagem relacionada

REVELAÇÕES CÓSMICAS – 6ª TEMPORADA



Resultado de imagem para Corey Goode: REVELAÇÕES CÓSMICAS - 1ª TEMPORADA COMPLETA (VÍDEOS)

REVELAÇÕES CÓSMICAS - 7ª TEMPORADA - PARTE 1 


Resultado de imagem para Corey Goode: REVELAÇÕES CÓSMICAS - 1ª TEMPORADA COMPLETA (VÍDEOS)

REVELAÇÕES CÓSMICAS - 7ª TEMPORADA - PARTE 2 


1º EPISÓDIO DA 8ª TEMPORADA - Biografia de David Adair




2º EPISÓDIO DA 8ª TEMPORADA - O FOGUETEIRO ORIGINAL




3º EPISÓDIO DA 8ª TEMPORADA - O PASSEIO NA ÁREA 51




4º EPISÓDIO DA 8ª TEMPORADA - Divisões de Linhas do Tempo & Táticas de Distração




5º EPISÓDIO DA 8ª TEMPORADA - Derrubando O Domínio dos Dracos




6º EPISÓDIO DA 8ª TEMPORADA - PERGUNTAS DOS TELESPECTADORES PARTE 10




7º EPISÓDIO DA 8ª TEMPORADA - A ASCENSÃO DA TERRA




8º EPISÓDIO DA 8ª TEMPORADA - Perguntas do Público Parte 11




9º EPISÓDIO DA 8ª TEMPORADA - ZUNI DISCLOSURE




10º EPISÓDIO DA 8ª TEMPORADA - Profecias Hopi e Zuni




11º EPISÓDIO DA 8ª TEMPORADA - Alquimia e a Lei do Uno




12º EPISÓDIO DA 8ª TEMPORADA - Encontros com os seres de Três-Dedos




13º EPISÓDIO DA 8ª TEMPORADA - Perguntas do Público - Parte 12




sábado, 4 de novembro de 2017

Corey Goode: REVELAÇÕES CÓSMICAS - 7ª TEMPORADA - PARTE 2 (VÍDEOS)





Tenho total certeza de que todos que estão acompanhando estas fascinantes revelações com antecedências, não estão surpresos ou encontrando dificuldades para entender todo esse processo de despertar. 

As confirmações desses fatos estão tomando proporções imensas na internet, vários meios de informações estão hoje, dando mais credibilidade onde antes olhavam para tudo isso com desconfiança, pois as pessoas estão acordando para uma realidade muito maior do que elas poderiam imaginar um dia.




Parabéns para todas as pessoas que não se limitam em saber, que buscam conhecimentos ultrapassando seus egos, vocês estão testemunhando uma grande renovação e transformação na consciência deste mundo, tudo se fará mais nítido perante aos seus olhos, devido a expansão que estão tendo em suas percepções e nas suas próprias consciências.

REVELAÇÕES CÓSMICAS – 1ª TEMPORADA

REVELAÇÕES CÓSMICAS – 2ª TEMPORADA


REVELAÇÕES CÓSMICAS – 3ª TEMPORADA


REVELAÇÕES CÓSMICAS – 4ª TEMPORADA


REVELAÇÕES CÓSMICAS – 5ª TEMPORADA


REVELAÇÕES CÓSMICAS – 6ª TEMPORADA


REVELAÇÕES CÓSMICAS - 7ª TEMPORADA - PARTE 1 


Vamos prosseguir com mais essas sequências de revelações fantásticas, tenha uma ótima leitura...

REVELANDO A VERSÃO ORIGINAL DOS VEÍCULOS ESPACIAIS SECRETOS – 18º EPISÓDIO DA 7ª TEMPORADA





ANTÁRTIDA- A NOVA ÁREA 51 – 19º EPISÓDIO DA 7ª TEMPORADA





Tecnologia mais Rápida que a Luz - 20º EPISÓDIO DA 7ª TEMPORADA





TESTEMUNHO DE BOYD BUSHMAN EM SEU LEITO DE MORTE – 21º EPISÓDIO DA 7ª TEMPORADA





ENERGIA DE PONTO ZERO & TECNOLOGIA DE PROPULSÃO AVANÇADA – 22º EPISÓDIO DA 7ª TEMPORADA





ANALISANDO O ARQUIVO DE FOTOS DE JOSEPH SKIPPER – 23º EPISÓDIO DA 7ª TEMPORADA





BURACOS DE MINHOCA & CIVILIZAÇÕES DISSIDENTES- 24º EPISÓDIO DA 7ª TEMPORADA





Trevas no Outro Lado da Lua - 25º EPISÓDIO DA 7ª TEMPORADA





PERGUNTAS DO PÚBLICO PARTE 8 – 26º EPISÓDIO DA 7ª TEMPORADA




A GUERRA FRIA OCULTA – 27º EPISÓDIO DA 7ª TEMPORADA




VIAGEM NO TEMPO & O FUTURO – 28º EPISÓDIO DA 7ª TEMPORADA




TESTEMUNHO SOBRE PIRÂMIDES & CIDADES SUBTERRÂNEAS – 29º EPISÓDIO DA 7ª TEMPORA




OVNIs Na Antártida & O Mistério dos Cinco Dedos – 30º Episódio da 7ª Temporada




A TECNOLOGIA DOS 3 DEDOS – 31º EPISÓDIO DA 7ª TEMPORADA




O GRANDE EXPERIMENTO – 32º EPISÓDIO DA 7ª TEMPORADA




Aguarde a 8ª TEMPORADA COMPLETA

Namastê...




sexta-feira, 3 de novembro de 2017

A Nobreza Negra: Híbridos






Ocultismo: Segredos dos 

antigos híbrido reptilianos 

monarcas que se escondem 

por traz do poder e da 

sociedade, pessoas cujo 

seus descendentes continuam dominando

o mundo e que estão seguindo sua 

agenda desumana perante a humanidade.





Ainda hoje essas pessoas exigem reverências, obrigam que as pessoas comuns se curvem ou fiquem de joelhos diante da sua "presença autoritária", como se elas fossem mais que humanas, elas gostam de se sentir superiores porque carregam consigo o sangue, a genética alienígena reptiliana.



Essas entidades negativas estão dentro de todos os âmbitos de poder, criaram seitas de magias negras e religiões onde sacrificam animais, crianças e pessoas adultas, para se fortalecerem energeticamente, se alimentando da energia vital ou do chi dos seres subjugado, através do medo e do sangue imperam sobre seus escravos crentes e ignorantes.



Elas se utilizam de rituais macabros onde sacrificam crianças, dentro desse rito bebem o sangue e devoram a carne, mas antes disso, faz suas vítimas sentirem medo, porque o medo libera substâncias do cérebro para corrente sanguínea, em todo esse processo também abrem portais onde invocam entidades dos quais descendem.

ESSE DOCUMENTÁRIO TRÁS A PERVERSIDADE, A MALDADE
DO SISTEMA MONÁRQUICO. DOS HÍBRIDOS REPTILIANOS E MALDITOS DAS NOBREZAS: ASSASSINOS COROADOS

Resultado de imagem para metade humano metade reptiliano

A nobreza sempre se intitulou como tendo sangue nobre para reinar, diziam que possuíam sangue azul, esse título na época não era bem compreendido, hoje sabemos que isso se refere ao código genético ou DNA.


Essas pessoas se proclamavam no direito do governar porque tinha sangue nobre, entendemos atualmente que isso se referem a misturas de genes ou hibridização de espécies, sendo assim, essas pessoas que governam não são completamente humanas, são uma raça híbrida criadas separadas do homem comum, tanto é verdade que elas não se misturam com outros, a não ser com aqueles que carregam o código genéticos equivalente.


Esses híbridos reptilianos que se encontram em status de poder ao redor do mundo, são desprovidos de quaisquer sentimentos positivos perante a humanidade, eles não sentem nenhum tipo de compaixão perante aos humanos, tanto que, em suas guerras nem crianças, idosos e mulheres grávidas escapavam de suas tiranias e massacres, isso não mudou muito hoje, atualmente a estratégia é outra, muito mais sofisticada,  através de vários meios tecnológicos  e químico, mas na antiguidade tudo era mais aparente e óbvio, porque existia muito menos gente no planeta.

Tudo que essas entidade almejam hoje é reduzir o número populacional do planeta, para assim tem mais controle sobre ele, a tirania era muito mais sangrenta na antiguidade, seus mestres reptilianos andavam mais abertamente e a escravidão era muito maior, a idade média era o paraíso para essas entidades obsessoras, era de fato,  a idade das trevas.



Esses “aristocratas” (a nobreza NEGRA)decidiram, quando a Rainha Vitória faleceu, que, de modo a adquirirem controle de mundo, seria necessário que os seus aristocratas “fizessem negócios” com os que não são aristocratas, mas que são líderes extremamente poderosos de empresas a nível global. E desta forma as portas para o poder total se abririam para “os comuns”, como a rainha da Inglaterra gosta de chamá-los.  Pelo Dr. John Coleman


Trechos do livro “Conspirators’ Hierarchy: The Story of the Committee of 300“, pelo Dr. John Coleman (America West Publishers, Carson City, Nevada: 1992 – 4ª edição). Leia também “Diplomacy by Deception” e “One World Order: Socialist Dictatorship”, do mesmo autor. Estes livros estão à venda no siteAmazon.com
Prefácio pelo Dr. John Coleman:
Na minha carreira como funcionário do Serviço Secreto da Inglaterra (MI-6), em muitas ocasiões tive acesso a documentos altamente confidenciais, mas foi trabalhando como um cientista político em Angola, no Oeste da África, que tive acesso a uma série de documentos confidenciais ultra-secretos extraordinariamente explícitos. O que eu vi me deixou irado e ressentido e me lançou numa direção irreversível, com o objetivo primordial de desmascarar o poder que controla e manipula os governos inglês e americano. – Doutor John Coleman, em novembro de 1991.
Uma visão panorâmica e histórica
Certamente que alguns indivíduos estão cientes de que as pessoas que governam o nosso país (EUA) não são as que verdadeiramente controlam os assuntos políticos e econômicos, domésticos e exteriores. Isto levou muitos a buscarem a verdade na imprensa alternativa, os autores de boletins informativos que, como eu, procuraram descobrir, mas nem sempre com êxito, por que os Estados Unidos estão com esta doença terminal.
O que nós descobrimos foi que as pessoas vivem em densas trevas, e a maioria delas não se preocupa nem se interessa em descobrir para onde o seu país (a civilização e o planeta) está indo, acreditando firmemente que ele sempre estará ali para ajudá-las.
É assim que a maioria da população foi manipulada a (NÃO) reagir, e com essa atitude as pessoas se tornam marionetes nas mãos do governo secreto.Freqüentemente ouvimos falar que “eles” estão fazendo isto, aquilo e aquilo outro. “Eles” fazem qualquer coisa e passam impunes. “Eles” aumentam os impostos, mandam nossos filhos para morrerem em guerras que não beneficiam nosso país. “Eles” parecem inatingíveis, invisíveis para nós, e é frustrantemente nebuloso quando se trata de tomar uma ação contra “eles”. Parece que ninguém consegue identificar claramente quem são “eles”. É uma situação que já dura há séculos. No decorrer deste livro, vamos identificar esses “eles” tão misteriosos, e, depois disso, fica por conta das pessoas resolverem a sua situação.
O Comitê dos 300 é uma sociedade altamente secreta, composta da classe governante intocável, que inclui a rainha da Inglaterra (Elisabeth), a rainha da Holanda (Beatrix) e asfamílias reais da Europa. Esses “aristocratas” (a nobreza negra reptiliana da Europa) decidiram, quando a Rainha Vitória faleceu, que, de modo a adquirirem controle de mundo, seria necessário que os seus aristocratas “fizessem negócios” com os que não são aristocratas, mas que são líderes extremamente poderosos de empresas a nível global. E desta forma as portas para o poder total se abririam para “os comuns”, como a rainha da Inglaterra gosta de chamá-los.
Desde a época que trabalhei no serviço secreto dos EUA eu sei que chefes de Estado em outros países se referem a este órgão onipotente como “Os MAGOS”. Stalin criou a sua própria frase para descrevê-los:“As Forças Tenebrosas”, e o presidente Eisenhower, que jamais conseguiu passar do nível “hofjuden” (Judeu da Corte), se referiu a isso numa declaração que de maneira alguma define exatamente o que são. Ele disse que se tratava do “complexo industrial militar“.
Quem são os conspiradores que servem ao poderoso e onipotente, Comitê dos 300Os nossos cidadãos mais bem informados estão cientes de que existe uma conspiração e que a conspiração trabalha sob diversos nomes como por exemplo ILLUMINATIs, Maçons, Mesa Redonda (Round Table), Grupo Milner, etc. O problema é que é bem difícil obter informação verdadeiramente concreta sobre as atividades dos membros do governo invisível/oculto.
Para se ter uma ideia da amplitude e do nível universal que esta conspiração alcança, seria adequado a esta altura definir as metas decididas pelo Comitê dos 300 para a conquista e controle iminente do nosso planeta. É preciso ter uma compreensão bem clara de por que a energia nuclear é tão odiada no mundo todo, e por que é que o movimento pseudo-ecológico, fundado e financiado pelo Clube de Roma, foi convocado para travar guerra contra a energia nuclear.
Com a energia nuclear que gera a eletricidade de uma forma barata e abundante, os países do Terceiro Mundo aos poucos ficariam independentes do auxílio exterior dos Estados Unidos e começariam a firmar a sua soberania. A geração de eletricidade através da energia nuclear é uma das chaves para tirar os países do Terceiro Mundo da sua condição retrógada, uma condição que o Comitê dos 300 ordenou que permanecesse.
Menos auxilio estrangeiro significa menos controle dos recursos naturais de um país por parte do FMI, e a ideia das nações em desenvolvimento assumirem o controle do seu destino foi anátema para o Clube de Roma e o Comitê dos 300, que o dirige. Nós já virmos oposição ao uso da energia nuclear nos Estados Unidos ser usada com êxito para bloquear desenvolvimento industrial em conformidade com os planos de “Desenvolvimento Zero Pós-industrial” do Clube de Roma. Depender da “ajuda” dos Estados Unidos na verdade mantém os países estrangeiros “ajudados” subjugados ao Conselho das Relações Exteriores (CFR – Council on Foreign Relations). o povo que deveria receber auxílio nesses países, recebe uma mínima parte do dinheiro, visto que normalmente ele acaba indo parar no bolso dos líderes corruptos do seu próprio governo que permitem que a matéria-prima do país seja consumida desenfreadamente pelo FMI e pelas grandes potencias do hemisfério norte.
Mugabe do Zimbabwe, a ex-Rodésia (pais cujo nome é uma homenagem a um dos grandes lacaios da Nova Ordem Mundial-Illuminati, Cecil Rhodes, daí o nome RODÉSIA), é um bom exemplo de como a matéria-prima, neste caso minério de cromo de alto nível é controlada através do auxílio estrangeiro.
Um dos livros de John Coleman
A LONRHO (mudou para LONMIN plc), o conglomerado gigantesco dirigido por Angus Ogilvie, um importante membro do Comitê dos 300, que trabalha para a sua prima Rainha Elisabeth II, tem agora controle total deste recurso tão valioso, enquanto que o povo do país afunda cada vez mais na pobreza e miséria, apesar de uma esmola de mais de 300 milhões de dólares por parte dos Estados Unidos.A LONRHO agora monopoliza o valioso cromo da Rodésia e cobra o preço que quer pelo mesmo, sendo que durante o governo de Smith isso não era permitido. O preço permaneceu a um nível razoável por 25 anos antes do regime de Mugabe subir ao poder. Apesar de ter havido problemas durante o governo de 14 anos de Ian Smith, desde que ele partiu o desemprego no país quadruplicou e a realidade é que o Zimbabwe se encontra num estado de caos e bancarrota.
Mugabe recebeu suficiente auxílio estrangeiro dos Estados Unidos (uns 300 milhões de dólares por ano) para dar-lhe condições de construir três hotéis na Cote d’Azur, Cap Ferat e Monte Carlo, enquanto que o povo de seu país sofre de doenças, desemprego, subnutrição e vive subjugado a um regime de ferro que não permite queixas. Compare isto com o governo de Smith, que jamais pediu nem recebeu um centavo sequer em forma de auxílio dos Estados Unidos. Vê-se então claramente que o auxílio do exterior é um meio poderoso de exercitar controle sobre os recursos naturais de países como o Zimbabwe, e na verdade em todos os países da África.
O Clube de Roma 
Como é que os conspiradores mantêm as suas garras sobre o mundo, e, mais especificamente, as mãos no pescoço dos Estados Unidos e da Grã-Bretanha? Uma das perguntas que mais se faz é: “Como é que uma entidade pode saber o tempo todo o que está acontecendo, e como é que exercita esse controle?” Neste livro tentarei responder a estas e outras perguntas. A única maneira de conseguirmos compreender a realidade do êxito adquirido pelos conspiradores é mencionando e falando de algumas sociedades secretas, organizações de fachada, órgãos governamentais, grandes bancos, companhias de seguros, grandes empresas multinacionais, a indústria petrolífera, a indústria farmacêutica e as centenas de milhares de entidades e fundações cujos altos administradores compõem o Comitê dos 300 – o órgão que na verdade controla o mundo e o tem feito há pelo menos 100 anos.
Visto que já existem dezenas de livros escritos sobre o Conselho das Relações Exteriores (CFR, segundo a sigla em Inglês) e os Trilaterais, vamos passar diretamente ao Clube de Roma e à Fundação Marshall da Alemanha. Foi uma revelação para algumas pessoas que o Clube de Roma e os seus patrocinadores usando o nome da Fundação Germânica Marshall, eram dois corpos altamente organizados da conspiração operando sob a fachada da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN), e que a maioria dos executivos do Clube de Roma era proveniente da OTAN. O Clube de Roma formulou tudo o que a OTAN estipulou como diretrizes e, através das atividades do membro do Comitê dos 300, Lord Carrington, conseguiu dividir a OTAN em duas facções: um poder político (ala da esquerda) e a sua antiga aliança militar.
Hoje estamos entrando em uma nova era, a era da Luz, essas entidades estão perdendo força e poder a cada dia, porém muitas delas ainda insistem em resistir, mas a era de trevas está ficando para trás, uma nova era de luz se aproxima, novas energias estão entrando no sistema solar, oriundas do Sol Central Galático, uma nova vibração e frequência, onde esses seres não são compatíveis.

Assista os vídeos abaixo para melhor entender todo esse fato com o qual a humanidade tanto submeteu ao longo de sua história... 



















































terça-feira, 31 de outubro de 2017

Civilizações antigas estão sendo desenterradas?




Uma suposta estrutura antiga extraterrestre ou de civilizações humanas avançadas, esta sendo desenterrada sorrateiramente ou ocultamente no Cairo - Egito?



Este artigo foi publicado pela primeira vez em 2015, antes a possibilidade de um fato como esse ser aceito, seria muito mais difícil do que atualmente de entender, porém devido a essas informações ficarem registradas ou guardadas, podemos confirmá-las com novas afirmações de fontes separadas ou independentes, sendo assim, nada se perde, somente se acrescenta para um entendimento maior, por esse fato é sempre importante ficarmos atentos e familiarizados com quaisquer ocorrências, pois cedo ou tarde, a verdade sempre aparece.


Essas informações foram divulgadas  em 24 DE OUT DE 2015 por Laura Botelho no seu Blog : http://bloglaurabotelho.blogspot.com.br/2015/10/civilizacoes-antigas-estao-sendo.html 

Não duvido que esse fato seja real, eles sempre fizeram isso, desviarem as atenções da humanidade para coisas insignificantes que não temos como comprovar suas veracidades, e aqui mesmo tão perto fazem suas descobertas ocultamente.

Já ocorreram muitas vezes esses fatos, inclusive no próprio Egito, e uma delas foi justamente quando o país estava no início daquela crise, manifestações e quebra-quebra que foram provocadas por eles mesmos, para desviar a atenção de possíveis testemunhas dos roubos que fizeram de muitos artefatos e outras coisas mais.

Veja o comentário que  Laura Botelho fez perante esse fato:


" Gente, hoje recebi uma informação que me deixou de queixo caído...

Nos distraindo com bobagens
Enquanto “eles” querem que a gente mire lá fora – no caso Marte e Plutão – há coisas muito estranhas surgindo bem no nosso quintal.

Espero que você tenha uma explicação para isso, pois passei o dia “viajando” e criando links e mais links com as coisas que estão ocorrendo ultimamente.

Será que as guerras são distrações para algo maior? Será que estamos presenciando uma radical mudança? Estaremos entrando numa nova dimensão?

Calma, você vai entender tudo depois de assistir esse vídeo que acabei de enviar pro youtube. Ele acaba meio de repente, mas eu tive que usar um programa de gravação grátis que só me dava 15min. E eu usei, por isso o corte feio.

Então, aqui vai.  Me conte o que achou e faça você a pesquisa!!"

O local de origem está nessas coordenadas: 
30°1'13.25"N 31°43'14.51"E




Corey Goode e David Wilcock confirmam as evidências de uma civilização extraterrestre, soterrada abaixo do Deserto do Saara.


Tudo isso sugere e confirma que um cataclismo teria soterrado todo esse lugar, escondendo vestígios de uma civilização muito avançada, como ocorreu na Antártida e em muitos outros lugares pelo mundo.


Porém, ao redescobrirem esses achados antigos e que possivelmente escondem tecnologias extraterrestres, o governo oculto e seus militares criaram situações para continuar ocultando da população a verdade, como ocorreu no Egito com a revolução chamada Primavera Árabe, levando o povo as manifestações violentas, quando o real propósito era esconder as descobertas.


Eles quase sempre usam essa tática, tirar a atenção do povo com muitas distrações, inclusive algo violento como manifestações sangrentas, algo que chame a atenção de todos para um único ponto, até mesmo uma guerras declaradas como ocorreu com o Iraque, Afeganistão, Sírias e outros mais, para ocultarem a verdade que realmente importa, dessa forma eles controlam e colhem tudo que podem, para assim, esconder a verdadeira história da humanidade.

Enquanto o povo se confronta estimulado ou influenciado pela violência se mata, por uma mudança materialista que dificilmente vai ocorrer, já que quem domina o planeta se encontram acima do qualquer governo humano no mundo, fatos muitos significativos e importantes estão sendo escondidos da população, fatos esses que mudariam a percepção e o entendimento da humanidade perante a verdadeira natureza deste mundo e do que realmente existe. 




segunda-feira, 30 de outubro de 2017

Pirâmide e Geoglifos na Amazônia Brasileira e Equatoriana






Teriam exploradores descoberto a “Cidade Perdida dos Gigantes” no Equador?






história que hoje tratarei descreve 3 pirâmides na selva da grande amazônia brasileira, é uma das mais polêmicas e discutidos assuntos entre teóricos conspiracionistas, ufologistas, os teóricos se eram os deuses astronautas e até mesmo da arquelogia e antropologia brasileira e considerada um mistério, em 1979, o assunto se tornou conhecido quando revistas e algumas emissoras de televisão falaram terem descoberto algo inédito que seria três estruturas piramidais, recobertas pela vegetação que teria sido avistado por um grupo que realizava uma expedição a procura de vestígios de uma antiga civilização existente numa região próxima na Serra do Gupira no alto relevo, após uma série de controversas alguns especialistas indagaram que mesmo que não tenham visitado a região eram apenas formações naturais com formatos que lembravam piramides. O fato ficou obsoleto e nunca mais foi abordado... Os conquistadores espanhóis, bem como os colonizadores portugueses do Brasil, ouviram dos índios os sempre insistentes relatos sobre a existência dessas cidades perdidas em meio às densas selvas - as quais, tão reverenciadas, temidas e sagradas que nem mesmo esses silvícolas ousavam se aproximar. Cidades conhecidas como Muribeca, Paititi, Eldorado (e principalmente as três cidades dos "deuses" chamadas Akhaim, Akhanis e Akhakor) talvez não tenham sido meramente lendas, mas, sim, tradições HISTÓRICAS passadas de geração em geração pelos ancestrais desses índios. Manoa ou Eldorado, assim como foi batizada pelos espanhóis, expedições nazistas foram comprovadamente Teriam exploradores descoberto a “Cidade Perdida dos Gigantes” no Equador?



No ano passado, uma equipe de exploradores e pesquisadores descobriram aquilo que eles acreditavam ser um complexo de pirâmides antigas em uma área remota da floresta amazônica equatoriana, uma região não conhecida internacionalmente pelo público em geral ou mesmo dentro do país.  Bruce Fenton, escritor e pesquisador, completou uma análise das descobertas e acredita que o complexo pode ser a “Cidade Perdida dos Gigantes”.


No local da descoberta há uma estrutura piramidal extremamente grande, de aproximadamente 80 metros quadrados de base e 80 metros de altura, com lados aguçadamente inclinados.  Esta estrutura é feita de enormes blocos de pedra de formatos irregulares, cada um atualmente calculado como tendo aproximadamente 2 toneladas; muitas centenas desses blocos perfazem as paredes deste prédio.
O topo parece ser uma área achatada que é suspeita de ter sido a plataforma usada por sacerdotes em cerimônias, ou possivelmente sacrifícios.  Espalhados pela área estão muitos artefatos de pedra e cerâmica.  Muitos destes objetos parecem ser ferramentas de pedra que poderiam ter sido usados em mineração, ou para refinar algum tipo de minério.  O estilo dos prédios e dos objetos encontrados sugerem pertencer à uma cultura pré-Inca.  Porém, novas investigações são necessárias para estabelecer os fatos, as quais Fenton e equipe planejam conduzir num futuro próximo.



Dentre estas ferramentas estão algumas que seriam extremamente difíceis de serem usadas de forma prática por seres humanos de tamanho normal, o que levou Fenton a suspeitar que esta tenha sido uma das legendárias cidades perdidas de gigantes, as quais fazem parte das lendas bem conhecidas desta região da Amazônia.  Tais lugares geram grande temor entre os membros das tribos de hoje na região, pois eles acreditam ser protegidos pelos espíritos guardiões ou por seres de outro mundo.

As lendas locais falam de humanos gigantes que viveram em cidades que se tornaram esquecidas nas páginas da história.  Na verdade, ossos de povos gigantes tem sido encontrados em cavernas da região – bem como em outra partes do Equador.  Fala-se que esta região em particular é um grande lugar de reunião de tribos.  De fato, até mesmo tribos do Brasil viajaram para esta localidade devido às crenças sobre sua importância e forte vibração energética.
Até agora a equipe identificou várias colinas de grande porte a serem validadas como estruturas piramidais, cada qual de tamanho igual da suposta pirâmide descoberta.  É possível que cada uma destas colinas seja uma pirâmide ainda a ser desenterrada.  Isto denotaria uma cidade e complexo de pirâmides de tamanho significativo.



Uma equipe internacional de peritos em sítios megalíticos antigos e tecnologias de pirâmides estão planejando fazer uma expedição ao local para colocá-lo precisamente num mapa e produzir um documentário de uma hora para registrar as características espetaculares deste intrigante sítio.



Os blocos de pedra variam de tamanho e forma pelas paredes da pirâmide.  Parecem possuir um estilo altamente caótico e, se foram feitos pelo homem, apresentaram interessantes problemas para os engenheiros construírem na época em que foi construído.  O trabalho em pedra assemelha-se ao que é visto em outros sítios antigos no Peru, por exemplo, no forte de Saksaywaman, que embora atribuído aos Incas, os índios locais alegam que havia um povo antigo com a habilidade de amolecer as pedras com um produto derivado de plantas.



Entre os blocos há uma substância similar ao cimento ou concreto.  Acredita-se que os Incas não utilizavam argamassa, mas sim faziam com que os blocos se encaixassem perfeitamente.  Todavia, neste caso, parece haver um material de ligamento entre alguns dos grandes blocos de pedra.  Porém, um exame mais minucioso revela a possibilidade de que isso poderia ser algum tipo de material vitrificado.  Evidências de outras rochas vitrificadas têm sido encontradas em sítios antigos na América Latina.



Os investigadores do sítio também encontraram o que parecem ser ferramentas enormes, as quais seriam extremamente difíceis de serem utilizadas por humanos de tamanho normal, o que levou a Fenton suspeitar que esta tenha sido uma das legendárias cidades de gigantes, bem conhecidas nas lendas equatorianas.
As ferramentas se parecem com martelos enormes, ou pelo menos ‘cabeças de martelos’.   

Presumindo-se que essas peças eram conectadas a cabos de madeira dura, elas teriam tanto o tamanho, como peso, incríveis, tornando seu uso impraticável para um inca ou um índio típico, os quais tinham a estatura média de 1,5 metros

Pirâmide na Amazônia Equatoriana - TV EQUADOR.





===========================================================

AS GRANDES PIRÂMIDES BRASILEIRAS (AKAKAOR E PAITITI) – GRANDES MISTÉRIOS




jornalistas viajou até esse local acreditando que estaria cara a cara com uma civilização avançada descendendo desses antigos construtores, porém este se mostrou reticente sobre suas descobertas e em 1976 lançou um livro que contava a sua expedição. Anos depois, foi organizado uma expedição a procura dessa antiga cidade perdida, que participou o renomeado brasileiro Roldão Pires Brandão, que há algum tempo, estava a procura de uma antiga civilização que estaria as margens do rio Amazonas, porém nosso querido protagonista acidentalmente ou não, deu um tiro no pé e a expedição foi cancelada. Já em 1979, ainda muito discutido por emissoras de rádios e tv e jornais do Brasil divulgou uma reportagem contendo 5 páginas mostrando estruturais piramidais cobertas pela vegetação.




 Especialistas sugerem que estas formas piramidais nada mais seria um morro, porém será? Olhe com mais cuidado, a pirâmide não tem a aparência de um morro, ela não está coberta por uma vegetação e ela não aparenta ter uma formação natural, ela aparenta ser uma construção humana no qual teria sido feita com calcário e argila, veja a cor, ela é branca e está livre de qualquer vegetação a cobrindo, assim eram feitas as pirâmides do Peru, você acredita que uma terra como a nossa, não teria tido uma pirâmide? Somos vizinhos do Peru, povos antigos poderiam eles, terem viajados por terras inóspitas e terem fixado ali uma civilização que poderia predominar, até porque nosso clima é agradável, não se esqueça nessas terras temos índios que aparentam com alguns dos povos que habitaram ou habitam este continente chamado América e que são primos.





Muitos aventureiros morreram ou desapareceram nas selvas brasileiras procurando pelas supostas ruínas, mesmo existindo provas bastante contundentes dessa civilização.
Em 2008, o arqueólogo mais famoso do mundo da ficção visitou a pirâmide de Akator, no coração do Amazonas, no filme Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal, mas a real existência das ruínas recriadas eletronicamente pelos produtores do filme nunca foi cientificamente comprovada.



Akakor:
Akakor é uma suposta cidade perdida, que estaria localizada nas regiões fronteiriças da Amazônia brasileira e que teria origem pré-colombiana. O criador, ou descobridor, do mito é um alemão chamado Gunther Hauck, usando o nome de Tatunca Nara, que fugiu para o Brasil em 1968 depois de inventar uma história baseado em mitos já conhecidos como o Eldorado e o Paititi, refúgio onde os incas teriam escondido as toneladas de ouro que seriam pagas como resgate ao conquistador espanhol Francisco Pizarro pelo imperador Atahualpa.




Em compensação, muitas pessoas acreditaram na história relatada por Tatunca Nara devido ao seu passado obscuro e também ao fato de que até hoje são encontrados sítios arqueológicos e ruínas de civilizações pré-colombianas nas regiões próximas às fronteiras do Brasil.

Anos depois se descobriu que Tatunca Nara era um informante dos órgãos de repressão militares durante a ditadura.

Karl Brugger, o jornalista que publicou a história relatada por Tatunca Nara foi assassinado em 1984 no Rio de Janeiro. Paititi:

Paititi refere-se a lendária cidade perdida localizada no leste do Andes, escondida em algum lugar remoto das florestas tropicais do sudeste do Peru, norte da Bolívia e sudoeste Brasil. No Peru a lenda de Paititi gira em torno da história do herói cultural Inkarrí que, depois que ele fundou Q’ero e Cuzco, ele recuou para a selva de Pantiacolla, para viver o resto de seus dias na sua cidade de refúgio de Paititi. Outras variantes da legenda dizem que Paititi era um refúgio inca na zona fronteiriça entre a Bolívia e o Brasil.
Segundo algumas lenda locais, Paititi (ou talvez Eldorado), teria como capital uma cidade chamada Manoa - (também conhecida como “a cidade dos telhados resplandecentes”). Uma história passada pelos índios aos conquistadores espanhóis, dizia que paititi seria um reino encantado, perdido em meio às selvas, outrora habitado por uma estranha raça de seres, adoradores do Sol, cujo nome seria Ewaipamonas – desprovidos de pescoço e cujos rostos ficariam situados à altura dos seus peitos. E os seus templos e imponentes palácios seriam ornados do mais puro ouro. Dizem as lendas que o chefe supremo dessa civilização seria um homem conhecido como “Príncipe Dourado”, ou “Eldorado”, dotado de aparência resplandecente, cujas vestes e até mesmo o próprio corpo seriam recobertos de ouro, ornados ainda pelas mais belas e valiosas jóias – segundo descrito pelo historiador Fernandes de Oviedo, em 1535.

Em 2001, o arqueólogo italiano Mario Polia descobre o relatório do padre Andrea Lopez nos arquivos dos jesuítas em Roma. Este relatório falava acerca da misteriosa cidade de Paititi, ou talvez Eldorado – um reino perdido situado nos lados inexplorados das florestas peruanas, na região abrangida pelas densas e hostis Selvas Amazônicas. Segundo esse relatório, os missionários Jesuítas daqueles tempos, liderados pelo Padre Andrea Lopez, teriam encontrado Paititi, ou Eldorado (segundo descreveram uma cidade adornado pelo ouro, prata e pedras preciosas) e pediram, então, a devida permissão ao Papa para evangelizar os seus habitantes, o que foi de pronto negado e abafado pela Igreja Católica, escondendo ainda a sua localização, de modo a “evitar uma corrida do ouro ao local e, ainda, a eventual ocorrência de uma histeria em massa”.

As Grandes Pirâmides Brasileiras Brazilian Pyramids In Amazônia

 


MISTÉRIO NA AMAZÔNIA - GIGANTESCOS GEOGLIFOS NA FLORESTA


Gigantescos Geoglifos na Floresta Amazônica Brasileira




Os geoglifos formavam um grande sistema que se estendia por centenas de quilômetros nessa região da Amazônia.




Série "A Última Fronteira" - O Mistério dos Geoglifos




Alienígenas do Passado: HD Geoglifos da Amazônia The History Channel Erich von Däniken G1 Globo 2014





Descubren 20 geoglifos en Amazonia brasileña









Total de visualizações de página

Página FaceBook