BARRA ANIMADA


Translate

SEJA BEM VINDO


BARRA 2


Mensagem


A Frequência Fotônica Pleiadiana e a Nova Era do Fóton


quinta-feira, 12 de abril de 2018

Energia Livre - A Corrida para o Ponto Zero







Um documentário abrangente que apresenta os dispositivos, processos e teorias mais promissoras dos mais brilhantes cientistas visionários e dos mais persistentes inventores independentes do planeta.





Nós vivemos em um vasto mar de energia. Tudo, cada átomo, cada partícula subatômica está em constante movimento, girando eternamente. Mesmo no frio e escuro vácuo absoluto do espaço vazio, existe a nova física que está chamando o fluxo do vácuo quântico; é o éter dos antigos, a energia vital da metafísica; são as flutuações aleatórias deste vasto campo de potencial em que espaço e tempo estão embutidos. 

Agora teoricamente e matematicamente comprovada, a questão não mais é: “existe essa energia de ponto zero?”, Mas sim, podemos aproveitar esse recurso inesgotável de energia livre e ilimitada e manifestar novas tecnologias que são baratas e ambientalmente seguras.




Uma coisa é certa: se continuarmos no curso da rápida queima de combustíveis fósseis e dependermos da fissão nuclear, o futuro de nossa civilização está em grave risco. Estamos em um momento crítico em que a devastação da poluição industrial e do lixo radioativo excedeu a capacidade de carga da mãe terra. Nossas reservas finitas de petróleo e gás serão completamente esgotadas até o ano de 2025, à taxa atual de consumo. 

Os grandes interesses empresariais e governamentais ignoram essa crise pendente e resistem à mudança para o status quo. A pergunta deve ser feita: “Esse é o tipo de mundo que queremos passar para as futuras gerações? 

Veja: Power – poder por trás da energia




Mais informações atualizadas sobre esse assunto:

Geração de energia infinita

Desde a revolução industrial, no período entre 1760 a algum momento entre 1820 e 1840, as descobertas mais importantes ficaram longe do conhecimento da humanidade, das pessoas comuns, mantidas em segredo pela elite dominante para uso dos seus próprios interesses.








quarta-feira, 11 de abril de 2018

O PODER POR TRÁS DA ENERGIA







Power (pt: Poder) é um documentário do History Channel sobre a obra dos mais renomados cientistas da história, que acreditaram em um futuro mais sustentável, e que recusaram a se entregar ao status quo e tornarem-se escravos das atividades e instituições humanas vigentes, sejam de ordem econômica, social ou ideológica.






Este filme aborda as histórias de personagens históricos e contemporâneos que dedicaram suas vidas a encontrar novas formas de obter o bem mais precioso para os humanos modernos: a energia.

Nomes como Nikola Tesla, Alexander Graham Bell, Eugene Mallove e Rudolf Diesel, usaram toda sua criatividade para desenvolver energias alternativas para continuar alimentando o progresso da humanidade. 

Com entrevistas, material de arquivo e recriações, conheceremos aqui a história desses sonhadores, que enfrentaram os maiores obstáculos para encontrar uma nova fonte de energia e evitar um colapso. 

Mas, acima de tudo, conheceremos os segredos e interesses obscuros que se escondem nas sombras desta busca, revelando o poder oculto por trás do controle sob a energia.



Rudolf Diesel desenvolveu um motor à base de óleos VEGETAIS – depois adaptado exclusivamente para o óleo diesel à base de petróleo. Ele morreu em circunstâncias misteriosas viajando num transatlântico para negociar com empresários ingleses o uso comercial do seu invento em navios, submarinos e veículos pesados. A tese de suicídio não combina com o enredo da novela.

Eugene Mallove desenvolveu o projeto da fusão a frio, que é uma espécie de fusão nuclear simplificada e que pode ser implementado a partir de uma dona de casa na cozinha doméstica, gerando energia para toda a residência. Ele sofreu diversas ameaças e acabou assassinado a tiros num assalto simulado.

Stanley Meyer que desenvolveu um motor à base de água transformada em hidrogênio, também morreu envenenado quando almoçava num restaurante onde se reuniria com empresários europeus interessados na sua invenção.

Paul Pantone, que desenvolveu um motor não poluente, pelo sistema GEET, foi processado, internado num hospício.

E há ainda o caso de inventos como o motor desenvolvido por Norberto Keppe ou por Arturo Solis Herrera, com uso de uma bateria à base de melanina e Luis Carlos Quiroz que desenvolveu um motor elétrico.











sábado, 7 de abril de 2018

Reprogramação mental – Altere os condicionamentos da Mente






Nós costumamos perceber a realidade através de condicionamentos por crenças e valores aprendidos. 

A reprogramação mental é necessária quando esses condicionamentos são negativos e limitantes, influenciando diretamente a sua realidade.






Como podemos fazer uma reprogramação mental

Por Fabio Alves




Muitos estudiosos afirmam que somos o que pensamos, devido à freqüência que os sentimentos e emoções geram através do pensamento, e isso atrai a força magnética na mesma proporção.

Por isso cada pessoa tem uma percepção da realidade e a constrói consciente ou inconscientemente através dos pensamentos.


Se você leu o livro ou viu o DVD “O Segredo” e achou interessante veja isso




O Cérebro utiliza condicionamentos para realizar uma tarefa mais fácil

O nosso cérebro cria sinapses “nova conexão entre neurônios distintos” quando aprendemos algo ou vivenciamos uma nova experiência, e com isso o cérebro tende a fortalecer essa sinapse e utilizar aquele mesmo caminho para determinado fim,
um problema, uma resposta ou qualquer situação que já tenha sido apresentada pelo cérebro, ele tentará utilizar da experiência passada como base para facilitar o processo.

A partir daí, cria-se um padrão cerebral envolvendo uma situação específica, e isso vale para tudo. O padrão pode ser criado através do convívio social, cultural, pois o cérebro entende que uma solução ou ideia compartilhada por muitos, é a mais fácil apresentada para a solução de um problema

A razão baseada no conceito aprendido

Você já deve ter ouvido falar na frase de René Descartes ““ Não há nada no mundo que esteja melhor repartido do que a razão: toda a gente está convencida de que a tem de sobra.“”

A razão é obtida a partir de uma programação mental, baseada em experiências e condicionamentos que foram aceitos pelo seu Eu, sua personalidade ou identificação com a experiência.

O conflito existente nos relacionamentos deve-se ao fato de que seus conceitos adquiridos divergem dos outros, mas o Ego impede que você compreenda a razão do outro, por isso a importância do autoconhecimento.

O reflexo do padrão mental na realidade vivenciada
O padrão mental criado pelo cérebro expressará a realidade com as mesmas limitações que foram adquiridas e aceitas por você. Se você disser e acreditar que pode fazer algo, você criará um campo de energia que irá vibrar na freqüência que está sentindo.

Mas por outro lado, se dizer e sentir que não pode fazer algo, ou não é capaz, está decretando isso energicamente para o universo através do campo de energia criado, e o universo manifestará a sua realidade limitante baseada no que foi gravado em seu Subconsciente.

A Reprogramação mental é possível

Uma crença ou padrão só pode ser quebrado somente com a força de vontade da pessoa. Enquanto observamos nossos comportamentos com os olhos de mentes condicionadas, não temos controle na mudança, mas ao observar o comportamento de fora, a partir da consciência, você descobrirá facilmente o que lhe impede de alcançar suas metas.

A reprogramação mental pode ser feita de várias maneiras. Entre elas:

A reprogramação mental através da visualização – Nossa imaginação tem um poder maravilhoso, e quando conseguimos criar um filme em nosso cérebro que, acreditamos e vivenciamos como real e possível, alteramos o que foi escrito em nosso subconsciente através do medo, muitas vezes.


Ex: Se eu tenho medo de água, eu imagino nadando em alto mar e tendo muito prazer e satisfação naquele momento, sendo real e possível.


A reprogramação mental através da quebra de paradigmas – Nos acostumamos a agir e pensar da mesma maneira, isso nos limita em criatividade. Se nos dermos a oportunidade de fazer as tarefas do dia a dia de formas diferentes e expandirmos nosso pensamento, ampliamos o campo de possibilidades em nossa realidade.

A reprogramação mental através de afirmações positivas consistentes – As afirmações positivas têm muito poder de transformar, mas somente com intenção e sentimento. De nada vale fazer afirmações sem sentimento, sabotando a si mesmo e desacreditando do que está falando.

A reprogramação mental através da meditação e sons binaurais – A meditação facilita ao acesso subconsciente, facilitando a quebra de um padrão.

Além do autoconhecimento que a meditação proporciona, o uso de Sons Binaurais (duas ondas de frequências escutadas preferencialmente por um fone de ouvido, que estimula o cérebro a criar uma terceira freqüência) acalma a mente e de acordo com as frequências dos sons, estimulam determinada reação cerebral, entre elas: relaxamento, criatividade, diminuição de dores, motivação, 


entre outras. Entenda mais sobre a Terapia Binaural Aqui.

Atinja o subconsciente e reconstrua seu Eu

Muitos de nossos pensamentos limitantes surgem sem o nosso consentimento, pois são originados do subconsciente. Aprendendo a reprogramar a mente subconsciente, alteramos nossa percepção da realidade e dissolvemos as crenças limitantes do Eu engessado até então. 

Nosso sistema de crenças pode ser modificado através do autoconhecimento e identificação dos pontos que se deseja alterar.

Conclusão – as possibilidades são infinitas

O limite do que podemos fazer está em cada um. Não somos vítimas e sim responsáveis por nossa vida. Se plantarmos o mal, colhemos o mal e vice versa.

Se sentirmos e acreditarmos que tudo estará errado ao nosso redor ou em nossa vida, essa realidade será atraída e percebida somente por nós que a criamos por condicionamentos ou vícios mentais.


A reprogramação mental deve ser feita sempre que um condicionamento cerebral negativo for instalado, para que as infinitas possibilidades do Universo de Deus possam agir em sua vida.

https://opoderdoser.com/2014/06/reprogramacao-mental-condicionamentos-da-mente.html
















segunda-feira, 26 de março de 2018

Encontrada em uma Praia Americana uma Criatura Semelhante ao Monstro do Lago Ness






Imagens chocantes de uma criatura do tipo Monstro de Lago Ness, foi encontrada em uma praia dos Estados Unidos. 



A criatura misteriosa foi encontrada em Wolf Island, na Geórgia, por um pai e um filho que estavam em uma viagem de barco, relatou o The Sun.






O padre Jeff Warren identificou o que ele disse ser um selo morto no meio do surfe, segundo a First Coast News.

Mas depois de uma inspeção mais próxima, Warren disse que ficou claro que ele não tinha ideia do que era o animal.

Imagens mostram a suposta carcaça, que Warren disse estar sendo devorada por pássaros quando ele chegou, deitado na areia.

Parece ter uma longa cauda e duas barbatanas, bem como um longo pescoço e uma pequena cabeça - características geralmente associadas a Nessie na cultura popular.

A criatura teria aproximadamente 1 ou 2 metros de comprimento.

Os especialistas até agora não conseguiram identificar positivamente o animal a partir das fotos e vídeos.

Dan Ash, diretor do Serviço de Pesca e Vida Selvagem, disse ao Action News Jax que alguns animais marinhos têm uma maneira de se decompor onde podem se assemelhar a uma criatura pré-histórica.

Ele disse que um tubarão-frade de 9 metros pode acabar parecendo ter um longo pescoço e uma cabeça pequena.

Alternativamente, a “criatura” também poderia ser uma simples farsa.

Warren disse que mais tarde ele foi informado sobre uma lenda local chamada "Alty", ou Altahama - a própria versão da Geórgia do monstro de Loch Ness.

A criatura é usada em propagandas para atrair pessoas para a área.


Esta famosa foto do monstro de Loch Ness, perto de Inverness, na Escócia, em 1934, revelou-se uma farsa. Imagem: Keystone / Getty Images Fonte: Getty Images


Há lendas de monstros que vivem em vários lugares ao redor do mundo, incluindo Morag, no Loch Morar, na Escócia; Verme de Lagarfljot, em Lagarfljot, Islândia; Ogopogo, no lago Okanagan, no Canadá; e Lariosauro, no Lago Como, Itália.

Esta história apareceu originalmente em news.com.au .





Monstro do lago Ness faz nova aparição e deixa britânicos confusos.

11/09/2014 





O episódio, manchete no tabloide britânico Daily Mail, foi tema de acalorada discussão nas redes sociais. Tudo porque a criatura surgiu no lago Windermere, na Inglaterra, a 40 km da fronteira com a Escócia. Foi então uma aparição ainda mais polêmica. Escoceses disseram que se tratou de armação, já que o bicho sempre é visto no lago Ness, em região do país que pretende se separar da Inglaterra 








Como em todas as aparições da lendária criatura, a imagem, feita por satélite apontados para o lago Ness, na Escócia, é borrada e só aparece o vulto do bicho. Mas foi o suficiente para afogar os gringos de boatos e histórias. A imagem do satélite apareceu em Ipods e Ipads e ganhou as manchetes dos principais jornais europeus.   

Dezenas de "caçadores" do monstro já marcaram excursões ao lago para ver se acham, enfim, a criatura.

Mais imagens: https://hora7.r7.com/fotos/monstro-do-lago-ness-faz-nova-aparicao-e-deixa-britanicos-boiando-10072017#!/foto/1



domingo, 25 de março de 2018

Unacknowledged - O Novo e Importante Documentário do Dr. Steven Greer





Tenho certeza que este documentário vai fazer você ligar muitos pontos e enriquecer ainda mais o seu conhecimento. 



Ele confirma muitas outras informações já mostradas aqui, sobre os extraterrestres e sobre o plano da elite de orquestrar uma falsa invasão alienígena; vamos ligar os pontos com os relatos do Dr. Steven Greer e com de outros informantes, você irá se surpreender.


É necessário e importante que você tenha em mente é que existem fatos correlacionados, mas de formas diferentes, uma tem a ver com a realidade extraterrestre aqui na Terra, a outra é o fato de criarem uma simulação de invasão dos mesmos.

E qual é a diferença entre eles? A diferença é que o planeta já vem sendo ocupado, dirigido e manipulados por algumas determinadas raças que querem evitar que a humanidade desperte sobre eles manipulando todo o sistema deste planeta, além tentar impedir que ela evolua de forma natural e positiva como precisa ser, eles criam todos os meios negativos que impedem esse processo.

A falsa invasão faz parte deste procedimento, para criar situações de redução populacional e maior controle sobre os que restarem, parece um terrível filme de ficção científica, loucura, mas não é.

Negociações, Confrontos e guerras ocultas estão ocorrendo quase que a todo instante, entre os seres da Luz e os das trevas, o ser humano sem saber, se encontra no meio de tudo isso; porém nada disso é novo, já ocorreu algumas vezes no passado.

Porém, com a chegada de novas energias no sistema solar e a transição que a Terra vai fazer, os seres negativos estão desesperados, estão fazendo de tudo para impedir ou retardar esse processo, porque não são compatíveis com essa energia, as pessoas não percebem, mas os seres da Luz estão evitando muita ocorrência negativa em escala global, uma delas é o uso de armas nucleares.





Vou adiantar um pouco resumindo algumas informações. Elas servem para as pessoas que sabem da existência de extraterrestres no planeta e já, desde sempre, e para aquelas que não acreditam em nada, lamentavelmente vejo muita gente desinteressada e desinformada, essas passarão por grandes problemas quando tudo isso ficar completamente evidente.

Segundo alguns informantes, corpos humanos e não humanos estão sendo clonados, muitos deles são híbridos, DNA/ADN humano com várias outras espécies de extraterrestres e, até mesmo, animais.

Essas experiências estão sendo feitas em bases subterrâneas em vários lugares dos Estados Unidos e outros países. O complexo industrial militar já domina boa parte da tecnologia alienígena, adquirido através de engenharia reversa. Já existem muitos modelos de naves diferentes, algumas dessas naves são usadas para levarem pessoas para serem completamente escravizadas em planetas do sistema solar como: a Lua e Marte; mas, também, para servirem como moeda de troca com outras civilizações.

Outras naves estão sendo utilizadas para praticar abduções, se passarem como naves alienígenas, não fica difícil imaginar o que eles pretendem fazer com as clonagens e, essas naves, uma falsa invasão para atacar a população e implantar a nova ordem mundial, chipando todos que sobrarem.

Recomendo que assistam todos os vídeos aqui postados para melhor entender, claro que, não tem como mostrar todas informações aqui, porque tudo isso é um processo de conscientização, é preciso acompanhar todas as publicações para se inteirar/conscientizar de forma dedicada e satisfatória, mas, os vídeos aqui mostrados já é um começo.

"Unacknowledged" se concentra nos arquivos históricos do Disclosure Project e em como o sigilo de OVNIs foi implacavelmente aplicado - e por quê. 

A melhor evidência de contato extraterrestre, que remonta a décadas, é apresentada com depoimentos diretos de testemunhas altamente secretas, documentos e imagens de OVNIs, dos quais 80% nunca foram revelados em nenhum outro lugar. 

A pesquisa de bastidores e as reuniões de alto nível convocadas pelo Dr. Steven Greer exporão o grau de operações clandestinas e ilegais no cerne do sigilo sobre OVNIs. 

Desde briefings com o diretor da CIA, altos generais do Pentágono e almirantes, até o briefing do presidente Obama, por meio do assessor sênior John Podesta, presidente da Campanha Hillary Clinton, levamos o espectador por trás do sigilo e pelos corredores do poder real, onde Segredos de OVNIs residem. 

O espectador vai aprender que tudo isso se trata de um golpe silencioso, uma conspiração contra a humanidade.

















sábado, 24 de março de 2018

Militares, Óvnis, Abduções, Engenharia Reversa e Viagens Planetárias...



Após várias quedas de diferentes óvnis, em diversas localidades nacionais e não, os americanos tem se apossado de tecnologias extraterrestres e usando as mesmas contra outras raças de extraterrestres. 

Eles fizeram acordos com algumas raças de alienígenas, em troca de abduções feitas na população, os mesmos lhes passavam suas tecnologias secundárias e também através de possíveis confrontos, eles adquiriram várias tecnologias de diversas naves de raças diferentes.





Ao resgatarem as naves e levá-las para as bases secretas, eles praticaram engenharia reversa e todo tipo de experimentos e testes, em alguns casos pessoas civis e militares morreram, devido as radiações encontradas nas naves.




Lazar descreveu a espaço nave na qual ele trabalhou, como tendo sua propulsão por intermédio de um reator antimatéria que utilizava o "Elemento 115". (Clique na imagem para ampliá-la).


Cientista sênior da Lockheed Martin diz que Bob Lazar trabalhou em engenharia reversa de espaço nave alienígena

De acordo com o site www.ufo-blogger.com, um cientista sênior da Lockheed Martin alega que Bob Lazar realmente teve envolvimento com tecnologia alienígena.

O físico Bob Lazar, hoje com 52 anos, obteve sua fama após alegar ter trabalhado como físico, de 1988 a 1989, em um complexo secreto chamado de ‘S-4′, abaixo do leito do lago Papoose (agora seco), perto do Lago Groom, no estado de Nevada e próximo à famosa Área 51.

Lazar alega que o S-4 serviu como um local militar secreto para o estudo de engenharia reversa de discos voadores extraterrestres, e que lá ele viu nove diferentes discos.  Ele também oferece detalhes de seus sistemas de propulsão.




O Elemento 115:

Bob Lazar declarou que o ‘modelo esporte’ do disco voador amplificava uma “Força Nuclear Fortíssima” do Elemento 115 (UnUnPentium ou UUP), para gerar o campo gravitacional para a “Compressão de Tempo-Espaço.”  Ele também declarou que o governo dos EUA tinha aproximadamente 250 quilos do Elemento 115 em mãos.




Ele também alega que o Elemento 115 não processado, na forma de discos, foi entregue ao governo dos EUA, no S-4, por Entidades Biológicas Extraterrestres – EBEs Reticulanas.  Os cientistas da S-4 enviaram os discos do Elemento 115 para o Laboratório Nacional de Los Alamos, no Novo México, para ser trabalhado e usado em um reator anti-matéria.





A equipe de Los Alamos foi informada que isso seria uma nova forma de armadura.  Eles simplesmente seguiram ordens, usinaram o material de acordo com  o que lhes foi dito, e o enviaram de volta para o Lago Groom.





A controversa sobre os registros de trabalho e de escolaridade de Bob Lazar:
As evidências que Bob Lazar possui, para dar apoio ao seu vínculo empregatício e subsequente alegações sobre as naves alienígenas, virsm por intermédio de um contracheque de salário, com a intrigante designação de E-6722MAJ, e por uma lista telefônica dos Laboratórios Meson, de 1982, a qual consta o seu nome.


Também foi descoberto que seus documentos de declaração de impostos incorporavam um  número de contrato que foi fornecido enquanto trabalhava para a Área 51.  Certamente, estas são evidências convincentes que dão suporte ao seu vínculo empregatício na base secreta.




Porém, as pessoas começaram a se tornar um tanto desconfiadas de suas alegações quando seus registros escolares não batiam com sua história.  Nenhuma evidência pôde ser encontrada de que ele havia estudado no Instituto de Tecnologia da Califórnia, ou no Instituto de Tecnologia de Massachusetts, como ele havia previamente declarado. Após sua subsequente declaração de ter instalado um sistema de segurança computadorizado em um determinado local, que no final era uma casa de prostituição ilegal, ele se tornou uma figura desacreditada.




Avanço científico de 2004 fornece credibilidade às alegações de Bob Lazar:
Na primeira entrevista feita com Lazar, ele falou sobre o Elemento 115.  Interessantemente, 15 anos mais tarde, em 2004, um avanço científico forneceu um certo grau de credibilidade às alegações de Bob Lazar, quando cientistas do Laboratório Nacional Lawrence Livermore, em colaboração com pesquisadores do Instituto para Pesquisa Nuclear na Rússia (JINR), anunciaram ter descoberto dois novos elementos super-pesados, o Elemento 113 e o Elemento 115.  O isótopo do Elemento 115, produzido pelo núcleo do Americium-243 (95Am243) com o núcleo do Calcium-48 (20Ca48), rapidamente de decompõe para o Elemento 113, e então continua a se decompor para um isótopo meta-estável.



O Reator Antimatéria da NASA


Em 2006 a NASA oficialmente falou sobre um ‘Reator Antimatéria’. Veja o que a NASA declarou:




“Algumas reações antimatéria produzem explosões de raios gama de alta energia.  Estes raios são como raios-X com anabolizantes.  Eles penetram a matéria e as quebram em células.  Raios gama de alta energia podem também tornar radioativos os sistemas de propulsão, pela fragmentação de átomos do material utilizado nos sistemas.”

O Instituto para Conceitos Avançados da NASA (NIAC) está financiando uma equipe de pesquisadores para trabalhar com um novo projeto para uma espaçonave com propulsão antimatéria, que evita o efeito indesejável, produzindo raios gama com energia muito mais baixa. 

A antimatéria é algumas vezes chamada de imagem espelho da matéria normal, porque apesar de parecer com matéria ordinária, algumas de suas propriedades são reversas.  Por exemplo, os elétrons normais, que são as partículas que carregam a corrente elétrica em todo o equipamento eletro-eletrônico que utilizamos em nosso lar, têm uma carga negativa.  Anti-elétrons possuem uma carga positiva, assim os cientistas os apelidaram de ‘pósitrons’.


Quando a antimatéria encontra a matéria, ambas se aniquilam em uma explosão de energia.  Esta conversão completa para energia é o que faz da antimatéria um elemento poderoso.  Mesmo as reações nucleares das bombas atômicas vêm em um distante segundo lugar, com apenas 3% de sua massa convertida em energia.

 


Projetos anteriores de espaçonaves impulsionadas por antimatéria empregavam antiprotons, que produzem raios gama de alta energia quando são aniquilados. O novo desenho usará positrons, os quais produzem raios gama com 400 vezes menos energia.“

Apesar de algumas partes de suas alegações não baterem, certamente a história de Bob Lazar é um tanto intrigante, considerando-se as informações que dão apoio ao seu vínculo empregatício com a base secreta dos EUA.




Contudo, suas alegações parecem ter sido validadas por um cientista sênior da Lockheed Martin, Boyd Bushman, o qual foi entrevistado pelo pesquisador  David Sereda.

Bushman trabalhou não só para a Lockheed Martin, mas também para a Texas Instruments e a Hughes Aricraft.  Ele é considerado como um dos inventores do míssil Stinger e no vídeo abaixo fala sobre a Área 51 e os sistemas avançados de propulsão que lá foram testados.




Apesar da narração relevante ao artigo estar aos 11 minutos e 53 segundos, todo o vídeo é interessante e Bushman fala muitas coisas sobre a procura da tecnologia antigravitacional. (Infelizmente o vídeo é em inglês e a opção ‘cc’ proporcionada pelo YouTube, não traduz a narração de forma precisa.)















Através da engenharia reversa, e até nas próprias naves juntos com os extraterrestres, os militares humanos foram ao espaço e circularam por todo nosso sistema solar, e até além dele.




Tudo que é tem sido divulgado e apresentado de qualquer forma pela NASA, são meras distrações para a população iludida, militares americanos principalmente, tem idos à Lua e em Marte regularmente e até frequentemente com as naves por eles criadas através da engenharia reversa e como acompanhamento alienígenas. 

As divulgações de: os planos de voltarem a Lua e de ir a Marte, as criações  de propulsores e motores superpotentes, Astronautas ido e volta para o espaço, até nos limites ao entorno da Terra, tudo isso e muito mais, não passam de incensações para manter a população distraídas e hipnotizadas por fatos realmente pequenos e insignificantes. 

Até mesmo a busca de vidas alienígenas em outros planetas, é tudo uma farsa e um teatro para enganar as massas, que sem saberem, idolatram a NASA Nazista e illuminati, e tem sido assim durante muito tempo.

A NASSA e os militares americanos, tem tido contatos com seres extraterrestres e usufruindo de suas tecnologias, durante muito tempo.

Até nos eventos climáticos, eles manipulam as justificativas verdadeira das causas, e explicam de forma enganosa para a população. É como eu já disse antes, eles apontam para direita, para todo mundo olhar, mas porque o que está acontecendo está a sua esquerda, e assim você não vê o que realmente está se passando.

Hoje os próprios extraterrestres estão se mostrando por todos os lugares, nos céus e espaço, conforme na terra próximos à nós, já não tem como eles, " da NASA" os negarem as suas existências a população, então mesmo assim, começam a divulgar aos poucos, tipo sem vontade, mas os mais atentos estão de fatos muito mais adiantados do que esses, que esperam a NASA as divulgarem.  



Os nazistas alemães já possuíam essas tecnologias um pouco antes da segunda guerra mundial.






Esta paisagem está localizada na chamada face obscura da Lua, na cratera Schroedinger, próxima ao pólo sul lunar.




A Suástica nazista sobre a lua. Teria alguma relação com os nazistas? Já foi mostrado em outros documentários, que os nazistas foram para a Lua muito tempo antes do que a NASA com os americanos.

















Total de visualizações de página

Página FaceBook